Congresso da Abimaq debate o futuro da indústria no Brasil

Ao final do evento, que contará com quatro painéis, haverá uma palestra com o presidente do Bndes

Publicado em 11 de setembro de 2017 | 16:09 |Por: Thiago das Mercês

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Para discutir o futuro da indústria no Brasil, a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas (Abimaq) realiza, no dia 18 de setembro, das 9h às 18h, o 3º Congresso Brasileiro da Indústria de Máquinas e Equipamentos. O evento, que acontece na sede da entidade em São Paulo (SP), promoverá um debate acerca da retomada do crescimento e oportunidades de negócios nos mercados mundiais.

O encontro reunirá as principais personalidades do segmento e tratará de temas relevantes para o futuro da indústria no Brasil, bem como de seus fornecedores e clientes. A Abimaq fica na Avenida Jabaquara, 2925, na Vila Monte Alegre, e as inscrições podem ser feitas pelo site congresso2017.abimaq.org.br.

Programação
O primeiro painel leva o tema “O desafio da produtividade e das novas tecnologias“ e contará com palestras ministradas pelo presidente executivo da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústria de Base (Abdib), Venilton Tadini, e também pelo presidente da Instituição de ensino superior em São Paulo (Insper), Marcos Lisboa. Nesta ocasião, haverá um debate junto ao presidente da multinacional WEG, Harry Schmelzer Junior, e também com o Ministro de Estado da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Pereira.

Já o segundo painel será feito pelo presidente da Apex, Roberto Jaguaribe, e pelo Mestre em Economia Política da PUC-SP, Gabriel Galipolo, com tema “É possível uma inserção competitiva da indústria brasileira no comércio Global?”. Essa ação oferece um debate com o sócio diretor da Prospectiva Negócios Internacionais & Políticas Públicas, Ricardo Sennes, e com o diretor da WEG, Daniel Godinho.

Na sequência, os espectadores poderão acompanhar a palestra “A um ano da eleição 2018: conjuntura e perspectivas”, que será ofertada pelo cientista político Antônio Lavareda. Em seguida, o terceiro painel traz o tema “A indústria brasileira tem futuro com o atual sistema tributário?” e será mediado pelo Deputado Federal Luiz Carlos Hauly, e pelo diretor do Centro de Cidadania Fiscal (Ccif), Bernard Appy. O debate será feio junto ao chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, Claudemir Rodrigues Malaquias.

– Retomada do crescimento é tema do 2º Congresso Brasileiro da Abimaq

O quarto e último painel conta com a presença do Partner da ATKearney do Brasil, Mark Essle, que defende o tema “Modelando o futuro da produção no Brasil” e divide o debate com o secretário de Inovação e Novos Negócios do Ministério de Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Marcos Vinicius de Souza, com o executivo chefe de negócios do C.E.S.A.R, Eduardo Peixoto, e com o diretor de IoT para América Latina da Intel, Fabio Tagnin. Por volta das 17 h, será realizada a palestra magna com o presidente do BNDES, Paulo Rabelo de Castro.

futuro da indústria no Brasil


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile

Acompanhe o emobile nas redes sociais

Linkedin
Facebook