Blogs: Reduzir custos, uso de MDP e como cativar os Millennials

Da economia ao design, consultores expõe uma realidade, muito debatida. As empresas que querem ser bem-sucedidas, precisam largar os velhos paradigmas

Publicado em 13 de agosto de 2016 | 10:12 |Por: Pedro Luiz de Almeida

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

 

Shutterstock

reduzir custos

Perin salienta que as empresas que crescem, mesmo em meio a dificuldades, são aquelas que enxergam um caminho e o seguem, fielmente, do começo ao fim

Em clima pós ForMóbile, Cláudio Perin, consultor e também fundador do Portal do Montador, deu um presente para os leitores do seu blog, Gerenciamento estratégico para a indústria moveleira. De forma resumida, Perin salientou os principais pontos que foram abordados durante o bate papo, sobre como os empresários podem reduzir custos, comandado por ele durante a feira.

Quebra de pré-conceitos
Antes de chegar ao ponto central da palestra, o consultor relembrou aos presentes que coisas como: Plano de Corte, CAD, ERP, Lojas Virtuais e Imagens Renderizadas, já foram consideradas desnecessárias, e aqueles que fizeram isso tiveram que correr atrás do prejuízo. Atualmente, ele pontua que o mesmo está acontecendo com o OEE, (Overal Equipment Effectiveness), que inclusive já foi profundamente debatido em uma postagem anterior, pelo próprio Perin.

1° Estruturar os 6M e criar os Indicadores de gestão;
2° Cuidar de seu Produto (P&D);
3° Agir nas Grandes Perdas (Lean/OEE);
4° Observar a empresa globalmente mas agir Pontualmente;
5° Eliminar as atividades Redundantes;
6° Aprimorar as interfaces entre as Atividades Fundamentais;
7° Formar um time de funcionários Vendedores;
8° Incentivar e Sustentar a cultura idealizada;

Como reduzir custos industriais?
Apresentando cases de empresas, que, mesmo em meio a ambientes desfavoráveis conseguiram prosperar, Cláudio Perin, embasou a necessidade e a vantagem de se implementar ferramentas de gestão, tanto de crise quanto de processos. Por fim, ele listou alguns pontos, de suma importância, para aqueles que querem a tão sonhada fórmula de como reduzir custos (confira no quadro ao lado).

Com visão otimista do setor, proporcionada pela 7° Feira Internacional da Indústria de Madeira e Móveis, Perin comentou que foi possível ter um vislumbre de melhoras econômicas, lentas, mas ainda sim esperançosas. Nas palavras do consultor. “Quando o inverno passar, a formiguinha poderá ter alguns poucos dias de vida de cigarra. Sua empresa estará vendendo saúde e esbanjando vitalidade”, escreveu Perin. A postagem na íntegra pode ser conferida aqui. Ponto importante quando se fala em reduzir custos, é o uso inteligente de matérias-prima. Tema esmiuçado pela designer  Marta Manente, no blog Alternativa Criativa.

divulgação

reduzir custos

Ambos, MDF e MDP,  possuem benefícios distintos e não é possível dizer qual é melhor, apenas, que são excelentes, quando usados de maneira correta

MDF ou MDP, eis a questão!
Convidada pela Berneck a comentar sobre o uso dos painéis de MDF e MDP na fabricação de móveis, Marta Manente, debateu que há um preconceito enraizado quanto à aplicação do MDP, fruto de uma longa trajetória de falta de informação e produtos de baixa qualidade que mancharam a reputação do mesmo. Ela comentou que em países de primeiro mundo, o MDP é usado em escala superior ao MDF. Justificativa essa quanto os benefícios dos painéis de aglomerados que não são bem explorados por aqui. E, falando de países de primeiro mundo, a Coolhunter e Trend Analyst, Fah Maioli, trouxe algumas dicas preciosas da Itália, sobre as tendências que apontam para os comportamentos de consumo concretizados pelos Millennials. 

Leia mais: Confira os produtos resultante da parceria do Studio Marta Manete Design com a Novestar Móveis 

O novo consumidor
Composto pelas gerações que nasceram entre 1980 e 2000, em plena revolução digital, estes consumidores impactam diretamente a forma de se produzir, comercializar e manter relacionamentos com as marcas. Fah Maioli, de maneira resumida, conta que as empresas não podem ignorar o fato que este novo perfil é muito significativo no mercado e para atende-los é preciso estar conectado as tendências e gostos desse público tão dinâmico. Cabe as marcas o grande desafio. Para conquistar os Millennials, elas precisam: oferecer produtos originais e criativos, com preço e qualidade atraentes, serviço de qualidade e relacionamento direto com os meios de comunicação através de sites e redes sociais. A postagem completa pode ser conferida aqui. A profissional, bastante ativa no blog, também dedicou bastante espaço para exposições e novidades em design que estão acontecendo em Milão.

Quer saber mais? Curta a página do Portal eMóbile no Facebook e fique por dentro do setor moveleiro.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile

Acompanhe o emobile nas redes sociais

Linkedin
Facebook