Artecola Química inaugura planta na Colômbia

Empresa abastecerá mercados do Peru, Equador, Panamá, Bolívia, Caribe, entre outros países e projeta crescimento de 10% na Colômbia

Publicado em 18 de outubro de 2017 | 14:14 |Por: Érica da Costa Diniz

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Artecola Química, responsável pela fabricação de adesivos e laminados especiais, inaugura hoje (18/10) uma nova operação industrial na Colômbia. Segundo a empresa, é a planta de adesivos mais moderna da a América Latina que irá abastecer os mercados do Peru, Equador, Panamá, Bolívia, Caribe e a própria Colômbia, entre outros países. Isso após retomar o posto como empresa mais internacionalizada do Brasil.

Com 28 mil m² no total e 11 mil m² de área construída, a nova unidade está localizada no Parque Industrial San Jorge, na cidade de Mosquera, vizinha a Bogotá, capital do país. A fábrica possibilita ampliar de imediato em 10% a participação da Artecola no mercado, que é de 20% na Colômbia e 7% em nível regional (do México ao Brasil).

Divulgação Artecola

Artecola

Empresa atua em sete países, com diversas unidades.

A ampliação da Artecola Química na Colômbia leva em conta seu perfil de atuação internacionalizada. “A Colômbia oferece uma localização geográfica ideal para exportar. Além disso, a fabricação local se torna necessária pela geografia interna e demografia do país, o que justifica o investimento”, destaca o presidente executivo, Eduardo Kunst.

“Nossa estratégia se baseia nessa combinação, atuando com plantas o mais próximo possível de nossos clientes, e a partir delas atendendo a um universo de 20 países na América Latina”, complementa o presidente.

Atualmente a Artecola está presente com operações no México, Chile, Argentina e Peru, além do Brasil e Colômbia, onde o novo investimento irá substituir a planta atual, também localizada em Mosquera. Durante a trajetória para chegar a esse estágio, a empresa contou com apoio do programa de internacionalização desenhado pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex Brasil).

Sustentabilidade

A nova fábrica foi projetada com base nos conceitos de tecnologia, sustentabilidade, segurança e orientação ao cliente, que são os pilares estratégicos da Artecola Química. A planta foi construída com critérios bioclimáticos e padrões de alta qualidade: melhoria em 30% da iluminação natural e uso de tecnologia LED, com economia substancial no consumo de energia; ventilação quase 100% natural; no estágio inicial, reutilização de águas pluviais para o sistema de extinção de incêndio e reservatório de mil m³.

A prevenção de incêndios foi pensada já no projeto arquitetônico, com paredes antifogo de até 14 metros de altura, estrutura de equipamentos de combate, e a  separação de materiais de acordo com suas características de inflamabilidade, assim como sistemas automatizados de espumas que sufocam incêndios em tempos mais curtos.

Atuação da Artecola

Na região andina, a empresa é conhecida com o nome Pagatex Artecola e detém marcas expressivas, como Pegadit, Supercryl, Carpincol MR 60, PL 285, Artemelt e Regia, além de um portfólio que chega a 900 referências para madeira, couro e calçados, rotulagem, embalagem, artes gráficas, automotivo e o segmento crescente de “faça você mesmo”. Um dos objetivos da nova planta é reforçar o posicionamento da Pegatex Artecola no mercado, com melhores serviços e prazos de entrega. Além disso, serão lançados novos produtos com foco cada vez maior na sustentabilidade e em mercados crescentes, como as linhas de “faça você mesmo”.

– Afix apresenta novos produtos e empresa almeja crescimento de 40%

A diretora da Artecola Química, Lisiane Kunst, destaca a aposta da empresa na simplicidade, tanto na estratégia, como no perfil de lançamentos. “Queremos que nossos produtos sejam próximos e fáceis de usar. Oferecemos soluções práticas com as quais queremos chegar com força cada vez maior ao mercado colombiano”, enfatiza.

Planejamento

Uma das peças principais para a abertura da nova planta e de outras operações foi o planejamento adequado feito com o apoio da Apex-Brasil, por meio do programa de internacionalização da agência. Uma das ações é a capacitação direcionada a CEOs e diretores de empresas, Inter-Com (Internacionalização e Competitividade), executada em parceria com a Fundação Dom Cabral (FDC). Além disso, a Artecola também participou, com depoimentos, de ações da Agência como a missão de internacionalização para Colômbia e um seminário sobre o mercado mexicano.

(com informações de assessoria)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile

Acompanhe o emobile nas redes sociais

Linkedin
Facebook