Adecol mira exportação e apresenta crescimento

Na contramão do mercado, a fabricante de adesivos e colas Adecol atinge 5% de faturamento com exportação

Publicado em 27 de outubro de 2016 | 17:53 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Divulgação Adecol

Adecol

Empresa se posiciona como maior fabricante de adesivos industriais com capital 100% nacional

A fabricante de adesivos industriais, Adecol, se antecipou à situação atual do mercado com investimento em exportação antes mesmo da alta do dólar. Com faturamento de cerca de R$ 130 milhões, a empresa aplicou R$ 1 milhão em funcionários, eventos, feiras, apresentações e viagens desde 2015. Desta forma, as exportações já representam 5% do faturamento da empresa, ou seja, R$ 7,5 milhões.

Cerca de 1,5 mil kgs de adesivos industriais da empresa atendem à demanda da América Latina. A produção da Adecol aumentou em 15% e focou a expansão em um dos seus maiores diferenciais: o suporte técnico na linha de colagem e o fator sob medida. A diretora industrial, Ana Julia Kiss, assinala que a empresa nacional cresce uma média de 20% ao ano desde 2005 se diferenciando com a oferta de customização. “A alta do dólar foi apenas um empurrão, até porque a Adecol é conhecida por ser uma empresa inovadora, e não deixou a crise estourar para se mobilizar”, afirma a Ana Julia.

Planejamento
O ano de 2016 foi escolhido como marco para que a empresa dobrasse os R$ 3 milhões que faturaram com exportações em 2015. Para isso, fechou parceria com diversos países como Chile, Argentina, Paraguai, Peru, Colômbia e Estados Unidos, e designou distribuidores que repassassem os valores da Adecol e fornecessem um suporte especializado e consultoria técnica.

Dando seguimento a sua estratégia, a Adecol decidiu participar pela primeira vez de duas grandes feiras internacionais: a Graphics of the Americas Expo & Conference, em Miami e a Drupa, em Düsseldorf, na Alemanha. O mercado latino-americano, que é o objetivo principal, exige conhecimento, aponta a diretora industrial. “A cultura exige visitas, contato pessoal e proximidade. Para que essa necessidade fosse atendida, pessoas exclusivas foram contratadas para prestar esse atendimento”, diz.

Divulgação Adecol

Adecol

Adesivos PUR, um dos produtos da Adecol

Leia mais
AkzoNobel lança Sparlack Industrial
Adecol destaca produto na High Design
MDIC lança Brasil Mais Produtivo

Case na Bolívia
O feito sob medida é um dos diferenciais da empresa, destaca Ana Julia. Mesmo atuando internacionalmente, a Adecol encontrou maneiras de levar isso para esses clientes, que exigem seus próprios padrões e necessidades. Um grande exemplo foi um fabricante de adesivos boliviano que solicitou uma aplicação não utilizada no Brasil. Visitas à empresa e calls, aproximaram as culturas, trouxeram entendimento e a solução. Em pouco tempo o adesivo customizado ficou da forma desejada.


Uma resposta para “Adecol mira exportação e apresenta crescimento”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile