Adecol termina primeiro trimestre com crescimento no faturamento

Maior fabricante de adesivos do país, Adecol investe em contratações para qualificar ainda mais o trabalho

Publicado em 13 de Abril de 2017 | 16:00 |Por: Gabriel Belo

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Adecol, fabricante de adesivos industriais do país com capital 100% nacional, fechou o primeiro trimestre de 2017 com faturamento superior ao mesmo período de 2016, com 18% de aumento. O crescimento também se deu no volume comercialização, tendo 300 toneladas a mais nessa mesma comparação.

De acordo com Ana Júlia Kiss, diretora industrial da Adecol, esse resultado é fruto de uma combinação de fatores. Houve, por exemplo, ampliação dentro do mercado nacional beneficiado pela saída de multinacionais. “Considero este resultado como consequência da estratégia interna que empreendemos há pelo menos dois anos atrás. Ainda é muito cedo para falar em retomada da economia brasileira, porém nossa expectativa é que nos próximos trimestres tenhamos um impacto positivo na demanda interna visto que houve um decréscimo considerável com a crise nos últimos anos”, revelou.

Divulgação/Adecol

Adecol

Ana Júlia Kiss, diretora industrial da Adecol

A empresa atualmente está investindo em contratações, principalmente por conta de aumento de pedidos comercial tanto para o mercado nacional quanto para a exportação.

“Estamos investindo em quantidade e qualidade. Em quantidade porque a demanda nos obriga a isso e qualidade porque estamos aproveitando esta expansão da indústria para investir no nosso quadro de funcionários”, destaca Ana Julia, que acrescenta.

“Os operadores estão sendo direcionados para se aperfeiçoarem em cursos de mecânica e química. Os funcionários que atuam diretamente com exportação estão tendo aulas coletivas de inglês e espanhol. Os líderes estão fazendo cursos de gestão e com isso toda nossa empresa está se desenvolvendo”, conta.

– Empresa investe no setor moveleiro

A Adecol, ressalta a diretora, tem como um de seus diferenciais o trabalho sob medida, desenvolvendo de forma específica e atendendo diversas demandas, gerando portfólio amplo e possibilidade de atender diversos nichos dentro do mercado. A empresa está presente em vários segmentos, como o automobilístico e o de embalagens, produzindo 1,5 mil toneladas de adesivos por mês. Em 2016, fechou faturamento em R$ 160 milhões com aumento de 25% em relação a 2015. A empresa exporta para diversos países, em especial para a América Latina.

(com informações de assessoria)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile