Acimall aprova plano de divulgação para 2015

Organização possui uma agenda de eventos com o objetivo de promover a indústria italiana de maquinário para moveleiras e madeireiras

Publicado em 4 de novembro de 2014 | 14:06 |Por: Renata Bossle

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Divulgação Acimall

Sede da Acimall em Assago, na província de Milão

Sede da Acimall em Assago, na província de Milão

A Associação Italiana de Máquinas e Ferramentas para a Indústria Madeireira (Acimall) divulgou o calendário de eventos da organização. De acordo com a nota oficial, o plano de promoção para 2015 deve dar apoio à indústria italiana de maquinário para madeira e produção de móveis em mercados que oferecem boas oportunidades imediatas e para o futuro.

As feiras inclusas são: Woodex – Irã (estande e geração de parcerias), Delhiwood (pavilhão e geração de parcerias), Interzum Guangzhou (pavilhão e geração de parcerias), Ligna (estande), Woodworking (pavilhão e geração de parcerias) e Woodex – Rússia (pavilhão e geração de parcerias). Dessas, apenas a Woodworking ainda não tem data confirmada, estando prevista para outubro de 2015.

Leia mais:
Indústria italiana de máquinas registra bons resultados
Congresso Moveleiro: Lições da Itália para a competitividade
Proposte Fair: setor têxtil apresenta novidades na Itália

Segundo a Acimall, essa atuação voltada a atender particularidades dos mercados de destinação já é tradicional. Assim, serão realizados pavilhões italianos, uma fórmula que tem agradado aos expositores por beneficiar os negócios e facilitar a oferta de serviços de apoio por parte dos organizadores dos eventos.

Além disso, pelo terceiro ano consecutivo, as empresas italianas terão o suporte de um “buscador de parceiros importantes”. Para esse serviço, representantes da associação estão identificando e selecionando empresas locais para representar marcas italianas junto ao mercado local.

O diretor do centro promocional da Acimall, Dario Corbetta, não deixou de observar que o calendário está reduzido em relação a anos anteriores. “A menor disponibilidade de recursos para a promoção do Made in Italy não pode apagar o comprometimento da associação; pelo contrário, isso nos encoraja a desenvolver novas estratégias e a identificar novas ferramentas para a globalização de nossos negócios”.

Entre os mercados que podem oferecer boas oportunidades em médio prazo, Corbetta cita Marrocos, Algéria e Cuba. Dessa forma, analistas da Acimall serão enviados a essas regiões. Os planos também incluem a organização da Xylexpo 2016, que acontece em Milão, de 24 a 28 de maio.

(com informações da Acimall)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile