Abimóvel emite nota contra aumento do preço dos painéis

Abimóvel se posiciona contra reajuste, levando assunto para o Ibá, que representa as indústrias de painéis

Publicado em 8 de fevereiro de 2017 | 14:32 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel) – entidade maior da indústria de móveis do País – se manifestou, em comunicado às produtoras de móveis, fabricantes de painéis e imprensa, contrária ao reajuste sinalizado pelas fornecedoras de chapas de madeira para o setor moveleiro.

Divulgação

Painéis

Paineleiras comunicaram ao setor moveleiro repasses entre 8% e 15%

No comunicado, o presidente da Abimóvel, Daniel Lutz, diz que “tendo a presente manifestação das indústrias do setor, vem manifestar a sua apreensão e discordância em relação aos reajustes que vem sendo praticados pelos fornecedores de chapas”.

Algumas das maiores empresas paineleiras comunicaram ao setor moveleiro repasses entre 8% e 15%. A Abimóvel enxerga o reajuste como “absolutamente incoerente com o grave momento de recessão enfrentado pelo país e que atinge praticamente todos os indicadores mensurados pela nossa indústria: faturamento, empregos, produção e exportações”.

Leia mais
Movergs e Sindmóveis contra reajuste
Produção moveleira tem queda de 11%
Relatório Ibá 2016

Conforme já apontado na matéria em que Movergs e Sindmóveis se posicionam contra o aumento, a indústria de móveis fechou 2016 com queda de 11% na produção, segundo dados do IBGE. E, embora exista uma previsão de leve retomada nas vendas ainda este ano ainda há um longo caminho de retração a ser enfrentado. “Com certeza ele se tornará ainda mais penoso diante de notícias como essa, vinda de fornecedores da indústria do mobiliário”, destaca Lutz.

A nota também afirma que a cadeia como um todo necessita recuperar margens de forma gradual e negociada, principalmente, em um momento de crescimento e não de queda. “Por isso é lamentável vermos esse tipo de movimento protecionista em um cenário de tantos entraves. Neste sentido, a Abimóvel se alia a sindicatos e entidades associadas e à indústria de móveis do País e levará o assunto a entidade nacional que representa o setor de painéis”, finaliza o comunicado.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile