Congresso Nacional Moveleiro: Painel debate cenário econômico e industrial

Estratégias para as exportações nacionais, competitividade da Indústria 4.0 e resultado do 3° Concurso da Oficina Moveleira, movimentam o segundo dia de evento

Publicado em 16 de setembro de 2016 | 17:49 |Por: Pedro Luiz de Almeida

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Mediado pelo presidente da Abimóvel, Daniel Lutz, o painel “Sala da Abimóvel – O seu espaço de bate papo”, que aconteceu na tarde do segundo dia (15/09) do Congresso Nacional Moveleiro, teve como convidados o professor e pesquisador, Cristiano Costa, que teve o desafio de expor o cenário macroeconômico que vem se desenhando, e também da diretora da ABDI – Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, Maria Luisa Leal, responsável por comentar sobre a importância da indústria se preparar para a fase de manufatura avançada.

Agência Fiep

Congresso Nacional Moveleiro

Preparar a indústria para a manufatura avançada é o desafio de todo um país, comentaram painelistas

Comércio exterior, e estratégias de exportação
Cristiano Costa, que é pesquisador do grupo de pesquisa Competitividade e Economia Internacional, abriu sua palestra comentando sobre os cenários econômicos da China e Estados Unidos. Ambos apresentaram expressivas quedas a partir de 2010, e quando voltaram a crescer, registraram taxas menores do que anteriormente. Para o Brasil apresentar um crescimento, fatores como redução da inflação e taxas de juros menores são essenciais. “Deveremos ter uma redução nas taxas de juros no final de 2017 e alcançaremos um patamar mais adequado no final do primeiro semestre de 2018”, projeta Costa.

Outro ponto interessante, levantado pelo pesquisador, durante o Congresso Nacional Moveleiro, diz respeito aos mercados estratégicos para as exportações nacionais. Analisado estrategicamente cada país, foi pontuada a estratégia, o interesse e a representatividade. Para o Chile e México, a estratégia é de retomada, já para a Colômbia, EUA e Panamá é de fortalecimento, Emirados Árabes Unidos e Reino Unido é de abertura de mercado, e por último, o Peru foi considerado para manutenção.

Indústria 4.0
Dando continuidade no painel, foi a vez da diretora da ABDI. Ela pontuou que a agência possui um grande interesse no setor industrial moveleiro. Citando exemplos, americanos e alemães, onde as tecnologias de manufatura avançada estão mais desenvolvidas e implementadas ela comentou a necessidade da indústria brasileira acompanhar o ritmo. “A questão é como seremos capazes de competir com essas tecnologias que estão vindo?”, indagou Maria Luisa Leal. Ela pontuou que mesmo que um país inteiro não consiga operar em nível de manufatura avançada, é totalmente possível que um setor industrial consiga.

Agência Fiep

Congresso Nacional Moveleiro

Projeto vencedor (Legomario) é composto por nichos ajustáveis interligados por imãs. O móvel é revestido, exteriormente com madeira de bambu e internamento com metal

Premiação do 3° Concurso da Oficina Moveleira
Durante o segundo dia de Congresso Nacional Moveleiro teve também a premiação dos alunos dos colégios Sesi – PR. O 3° Concurso da Oficina Moveleira, que aconteceu dentro da Oficina de Aprendizagem “Entre Pregos e Cavacos”. Desafiados a projetar um móvel para o consumidor do futuro, de todas as 55 escolas da rede, apensa 10 foram finalistas. O segundo lugar ganhou uma viagem para Morretes (PR), patrocinada pela Serra Verde Express e o primeiro lugar ganhou uma viagem para o Salão de Gramado do próximo ano. Os vencedores foram: 1° Santo Antônio da Platina (Legomario), 2° Toledo (Built-in Table) e 3° Francisco Beltrão (Estante flexível). 

Quer saber mais? Curta a página do Portal eMóbile no Facebook e fique por dentro do setor moveleiro.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile