Orgatec 2018 registra números positivos e aumento de empresas expositoras

Número de empresas cresceu em relação à 2016, quando estiveram presentes 664 empresas de 40 países

Publicado em 9 de novembro de 2018 | 16:48 |Por: Ricardo Heidegger

A Orgatec 2018 demonstrou, de 23 a 27 de outubro, como as feiras internacionais se posicionam com sucesso, abordando questões relevantes e fornecendo novas fontes de inspiração criativa. A feira recebeu 753 empresas expositoras de 39 países, um aumento significativo em relação à 2016, quando estiveram presentes 664 empresas de 40 países. Além disso, 187 expositores da Alemanha e 566 empresas internacionais marcaram presença. De acordo com a organização do evento, cerca de 63 mil visitantes profissionais de 142 países compareceram nessa edição.

“A Orgatec transformou-se com sucesso em uma vitrine de produto para um evento de negócio focado em questões. Com o seu evento de primeira classe e programa de congressos, a feira conseguiu consolidar a importância sociopolítica dos mundos de trabalho modernos no pensamento dos tomadores de decisão”, comenta a COO da Koelnmesse, Katharina C. Hamma.

O presidente da Associação Alemã de Negócios Internos, Hendrik Hund, elogiou a aparência variada e criativa da indústria na feira. “A inventividade e diversidade com que as empresas abordaram o tema central foi impressionante. A indústria mostrou que está equipada para os desafios atuais dos ambientes de trabalho modernos com suas soluções e ofertas. Com a Orgatec como um pensar criativo, temos o fórum perfeito para um evento fantástico”, afirma.

Além do avanço da digitalização da indústria, os temas dominantes da feira também incluíram a tendência de soluções flexíveis. Muitos expositores apresentaram soluções com foco na questão da saúde e da ergonomia. Outras áreas cobertas pelas apresentações do produto incluíram soluções para a aplicação intuitiva da tecnologia e a importância de sistemas acústicos.

Visitantes comerciais da Orgatec 2018

Os expositores da Orgatec elogiaram o alto padrão dos visitantes da feira. De acordo com a organização, muitos deles enfatizaram que mais usuários com autoridade sênior de tomada de decisões e representantes do setor imobiliário compareceram ao evento. A feira também alcançou resultados positivos em termos de alcance internacional. Do lado dos visitantes, o número de países representados no evento subiu de 118 para 142. No total, mais visitantes de fora da Alemanha viajaram para Colônia.

Divulgação Orgatec

Orgatec

Próxima edição da Orgatec será de 27 até 31 de outubro de 2020

O crescimento foi forte na parcela de visitantes comerciais da América do Norte (+42%), América Central e do Sul (+42%) e nações da União Europeia (+33%). Também foram registrados aumentos no número de visitantes do Japão (+22%) e da Índia (+44%). O número de visitantes da Europa Oriental na Orgatec 2018 quase dobrou.

Congressos e eventos

O atual programa de eventos e congressos da Orgatec demonstrou de forma convincente que elementos emotivos não precisam ser secundários em uma plataforma de negociação internacional. De acordo com a organização, os visitantes e expositores comerciais ficaram impressionados com a variedade de áreas temáticas e a grande extensão dos produtos e serviços oferecidos.

– Duratex registra lucro líquido recorrente de R$ 61,6 milhões no terceiro trimestre

Congressos de primeira classe como o Xing New Work Sessions e a conferência Zeit Work & Style alcançaram um público jovem. Ao mesmo tempo, a feira conseguiu identificar tópicos relevantes, adicionar um fator emocional e, assim, dar ao setor um novo impulso criativo. Ofertas de eventos como a Plant 10.1, Work To Go e Inspired Collaborations foram novidades baseadas em tópicos importantes do setor. A próxima edição da Orgatec acontecerá de 27 até 31 de outubro de 2020.

(com informações de assessoria)

Orgatec 2018 abre as portas para visitantes profissionais na próxima semana

Feira internacional do setor moveleiro da Alemanha ocorre em Colônia, de 23 a 27 de outubro, com muitas tendências para móveis de escritório

Publicado em 15 de outubro de 2018 | 17:40 |Por: Ricardo Heidegger

A feira alemã, Orgatec 2018, abre suas portas em Colônia, de 23 a 27 de outubro com a expectativa da presença de mais de 50 mil visitantes profissionais de todo o mundo. A mostra oferece uma visão quase completa do mercado global de mobiliário, iluminação, pisos, acústica e tecnologia de mídia para o escritório e outras aplicações comerciais. O programa de eventos e congressos da feira mostra as tendências e desenvolvimentos atuais, bem como exemplos de melhores práticas. Os tópicos abordados incluem novos conceitos sobre as tendências atuais de trabalho em equipe, digitalização e a atratividade do local de trabalho.

Este ano, o Architectureworld e o German Hotel Day estão sendo realizados durante a Orgatec 2018. Como tal, a feira está reforçando as atividades de infraestrutura, imóveis, arquitetura e interiores do setor imobiliário e permitindo a um amplo espectro de arquitetos uma troca de experiências. Com base neste tema de futuro, os congressos têm a abordagem de integrar a arquitetura de forma mais intensa no planejamento de edifícios comerciais e de hotéis. O German Hotel Day se encaixa bem em termos de conteúdo e aprimora o tema nas seções de arquitetura, design de fachada, bem como questões de tecnologia de cadeias de hotéis.

Divulgação Orgatec

Orgatec 2018

Temas como o bem-estar e a criatividade em ambientes corporativos são destaques da feira

O ambiente de trabalho influencia o bem-estar e a criatividade. Nesse ambiente o viés criativo é uma das questões que a área 10.1″ lidará. Seus criadores, a Detecon e o Orange Council, implementam idéias criativas e convocam os visitantes a adotar uma abordagem totalmente diferente dos espaços humanos e de trabalho.

Por meio dos processos de digitalização e globalização, novos mercados, novos players e novos produtos estão surgindo. Para acompanhar esse desenvolvimento, as empresas precisam se reinventar. O resultado são novas culturas corporativas e novas estruturas organizacionais. Isso tem uma grande influência nos ambientes de trabalho e no design do local de trabalho. Nessa conexão, empresas não buscam apenas soluções funcionais, mas também novos conteúdos e formas emocionais de expressão. Pensando nisso, a Orgatec 2018 irá mostrar como os escritórios podem se tornar ferramentas inovadoras na área de exposição central.

Fórum e conferências da Orgatec

Com base no sucesso do Fórum de Tendências dos últimos anos, palestrantes internacionais apresentarão os temas e as tendências que influenciam os mundos de trabalho atuais no Hall 6 da Orgatec e discutirão como as empresas podem se ajustar para acomodá-las e usá-las para vantagem competitiva.

Em 2016, a conferência “Work & Style” da Zeit celebrou uma estreia de sucesso na mostra em Colônia. Em um formato de congresso social-político e esteticamente projetado no segmento premium, o jornal semanal alemão “Die Zeit” está retomando os temas deste ano que são de grande importância para todos os envolvidos. Palestrantes de alto nível e rodadas de debates repletas de estrelas estarão novamente na feira para tratar dos principais desafios com os quais nossa sociedade global e digitalizada tem que lidar na vida cotidiana.

Divulgação Orgatec

Orgatec 2018

Fóruns e conferências com conteúdos e temas diversos ocorrem durante a próxima semana

Seguindo essa linha da Orgatec 2018, a digitalização é a conversa da cidade e, sem dúvida, as tecnologias digitais mudaram significativamente mundo de trabalho nos últimos anos. A área de eventos “SmartOffice & Conferencing Technology”, que está sendo realizada em conjunto com a parceira Zgoll Konferenzraum GmbH e outros patrocinadores, mostra quais as novas tecnologias e desenvolvimentos que existem nesta área.

Informações da Orgatec 2018

Os mundos de trabalho influenciam as pessoas tanto quanto o indivíduo influencia os próprios mundos de trabalho para tornar o ambiente o mais agradável, individual e prático possível. Nesta área de tensão, a indústria, o comércio e as empresas podem estimular um ao outro. Isso torna ainda mais importante reconhecer os desenvolvimentos atuais e as correntes sociais. É por isso que a cooperação entre a associação industrial Iba e a rede Xing na Orgatec 2018, por meio do Xing New Work Sessions, faz sentido. Os visitantes poderão experimentar novos trabalhos de perto, conhecer pioneiros empolgantes e conhecer pessoas inspiradoras.

Sempre um tema atual quando se trata de trabalhar em um ambiente de escritório é a saúde do local. O Fórum de Conhecimento da Cultura da Saúde, outra novidade da mostra, aborda este tema sob o título “Tornar a experiência da saúde através de infraestruturas de escritório”. O fórum debate sobre os efeitos que os diferentes aspectos do atual mundo do trabalho têm na saúde e bem-estar e também a criatividade e eficiência dos funcionários.

Divulgação Orgatec

Orgatec 2018

Expectativa é que mais de 50 mil visitantes compareçam na Orgatec 2018

Este ano, o segundo dia temático para conselhos de trabalhadores, conselhos de pessoal e representantes de pessoas com deficiência está sendo organizado pelo Instituto de Educação da Confederação Sindical (DGB-Bildungswerk) na feira. Aborda a questão de quais tendências, oportunidades, riscos e direitos de co-determinação devem ser levados em consideração no escopo da digitalização. As inscrições para o dia temático são possíveis imediatamente por meio do Instituto Educacional da DGB para a Renânia do Norte-Vestfália (DGB-Bildungswerk NRW).

– Sicam Pordenone ocorre esta semana na Itália

Já no Hall 8, os especialistas da Haute Innovation demonstrarão o potencial oferecido para ambientes de trabalho modernos pelas mais recentes inovações em materiais. É dada atenção especial aos tópicos de propriedades de materiais inteligentes e desenvolvimentos de alta tecnologia; fontes de matérias-primas de base biológica e construção leve e eficiência de recursos. Por fim, no Pavilhão de Materiais da Interiors + fontes, a Stamats Communications tem como objetivo apresentar materiais inovadores que carregam o selo adequado para produção em massa e que estão alinhados para uma rápida implementação.

(com informações de assessoria)

Sicam Pordenone ocorre esta semana na Itália

Feira Internacional de Componentes, Produtos e Acessórios Semiacabados para a Indústria Moveleira começa amanhã

Publicado em 15 de outubro de 2018 | 10:58 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

Inicia amanhã (16) e segue até sexta-feira (19) em Pordenone, na Itália, a Sicam – Feira Internacional de Componentes, Produtos e Acessórios Semiacabados para a Indústria Moveleira. A 10ª edição da Sicam Pordenone espera números maiores que em 2017, quando contemplou 583 expositores, dos quais 28% foram de 35 países estrangeiros, e 7.765 visitantes (31% do exterior).

Na ocasião, a Sicam Pordenone registrou mais de 15 mil metros quadrados de área de exposição, número que vem crescendo constantemente há cinco anos. Os dez pavilhões do evento estarão cheios de fornecedores que apresentarão as últimas tecnologias e inovações em acessórios para a indústria moveleira.

A Itália é a líder europeia em exportações de móveis com mais de 4,2 bilhões de volume de negócios e uma cota de 28% do mercado total na Europa. O maior mercado importador do mundo dos países europeus é a China, com participação de mercado de 57%, sendo o principal país asiático visitante do evento.

Descompasso na produção de pinus pode afetar setor moveleiro

Em fevereiro, a organizadora da Sicam Pordenone iniciou a campanha desta edição em Teerã, capital do Irã, em feira no país para atrair empresas iranianas para o evento. Os visitantes do país foram o terceiro maior país asiático, atrás de China e Índia.

Com população de quase 80 milhões de habitantes e um consumo de móveis que chegou a aproximadamente US$ 1,6 milhões em 2016, o Irã é um dos mercados mais atraentes para as empresas italianas, sendo também o país do Oriente Médio que cresce mais rápido (+4% do aumento anual do PIB esperado até 2020).

WMF 2018 registra bons resultados e se consolida no cenário internacional

Feira teve grande visita nos dois pavilhões dedicados a máquinas e tecnologias para processamento de madeira e derivados de madeira

Publicado em 10 de outubro de 2018 | 16:41 |Por: Ricardo Heidegger

De 09 até 13 de setembro de 2018, ao mesmo tempo que acontecia o Ciff Shanghai 2018, dois pavilhões do Centro Nacional de Exposições e Convenções de Shanghai, em Hongqiao, receberam a primeira edição da Shanghai International Furniture Machinery & Woodworking Machinery Fair (WMF). Os pavilhões foram tumultuados, confirmando que foi uma ótima ideia combinar os espetáculos de Shanghai e Pequim em um único evento. O evento foi, portanto, a melhor plataforma possível para um evento que, juntamente com a edição de março em Guangzhou, se coloca como a verdadeira capital tecnológica da China.

A inauguração da Shanghai International Furniture Machinery & Woodworking Machinery Fair (WMF) atraiu um fluxo relevante de operadores da indústria. Se considerarmos que o Ciff Shanghai registrou um total de 146 mil visitantes de mais de 200 países e regiões (37% a mais que em 2017), é fácil entender a contribuição dos pavilhões 7 e 8, abrigando as máquinas e instalações, que foi visitada por cerca de 33 mil operadores profissionais.

Divulgação Ciff Shanghai

Ciff Shanghai

Estande da Homag na Ciff Shanghai 2018

A feira dentro da feira, como é denominada a WMF na China, recebeu um total de 395 expositores, dos quais 75 são internacionais. Uma gama completa de grandes marcas internacionais foi representada, propondo tecnologias avançadas para operadores que estão cada vez mais familiarizados com a necessidade de novas ferramentas para produzir itens de qualidade e reduzir a utilização de mão de obra.

– Orgatec 2018 registra números positivos e aumento de empresas expositoras

Dois tópicos emergiram na WMF em Shanghai, por um lado, a busca por máquinas e instalações sofisticadas, capazes de garantir a qualidade do acabamento e dos detalhes, e que está apoiando a afirmação da alta qualidade da fabricação “Made in China”. Por outro lado, um mercado de trabalho está experimentando custos salariais crescentes e, portanto, cada vez mais convencendo as empresas chinesas a se voltarem para o Vietnã mais barato para certas partes de sua produção.

Um novo calendário está tomando forma, em março, na cidade de Guangzhou, no qual tecnologias para a indústria de móveis serão tratados em colaboração com a Koelnmesse. Em setembro é a vez de Shanghai, no qual a China International Furniture Machinery (CIFM) já fazia parte do Ciff Shanghai, agora inclui também a Feira de Artesanato de Pequim.

(com informações de assessoria)

Furniture China soma mais de 166 mil visitantes atraídos pelas tendências da movelaria asiática

Feira moveleira da China cresceu quase 10% em comparação com a edição de 2017, ampliando sua abrangência internacional

Publicado em 8 de outubro de 2018 | 15:39 |Por: Luis Antônio Hangai

A Furniture China, feira moveleira da china e uma das mais importantes plataformas de negócios do setor moveleiro na Ásia, somou durante os quatro dias de duração (11 a 14 de setembro) 166,4 mil visitantes. Em comparação com o ano passado, o público cresceu 9,8%, especialmente no aspecto da internacionalização: do montante, 13% foi de origem estrangeira. A maior parte da visitação motivou-se pela pesquisa de novos produtos e conhecimento acerca das principais tendências industriais e de mercado.

A feira moveleira da China promoveu a exposição de produtos de 3,5 mil marcas em um amplo espaço de 350 mil m², no New International Expo Centre (SNIEC). O local de eventos situa-se na cidade de Xangai – o coração da indústria e design de móveis asiáticos e que também abrigou a Ciff Shangai (realizada no mesmo período da Furniture China).

 Furniture China 2018 explora as principais tendências moveleiras mundiais

A Malaysian Timber Council (MTC), associação das indústrias de madeira da Malásia, destacou a força da feira em aproximar o mercado asiático às empresas de outros continentes. “Acho que também é uma plataforma muito boa para todo tipo de expositor se sintonizar com os clientes chineses existentes. Há também as oportunidades de encontrar parceiros internacionais com os quais se possam desenvolver relacionamentos”, disse o CEO da MTC, Richard Yu.

A visitação internacional vem sendo destacada pela organização da Furniture China 2018. As estatísticas mostram um crescimento acentuado de visitantes da Coreia do Sul, Estados Unidos, Austrália, Índia, Canadá, Reino Unido e França, atingindo 21.218 no total. Os visitantes de Taiwan, China e Hong Kong também mostram disposição mais forte para participar, o que reflete uma relação de cooperação mais estreita entre as diferentes áreas chinesas e nações ao entorno.

Confira a galeria de fotos da Furniture China 2018

O que atraiu visitantes à feira moveleira da China

Uma sondagem realizada pela organização da feira moveleira da china detectou que a maioria dos visitantes (31,74%) tinha como principal propósito a pesquisa por novos produtos e aprendizado sobre as últimas tendências de mercado. Na sequência figuram a procura por parcerias com fornecedores e distribuidores (27,09%), a coleta de informação de mercado (24,26%) e a compra direta de produtos ou contratação de serviços (12,1%).

Entre as tendências que regeram a Furniture China 2018 estão as cores. Em compasso com a ação Color of Furniture (Cor do Móvel), já proposta pela organização da feira moveleira da China em 2017 e que agora se consolida como uma de suas forças motrizes, neste ano o mobiliário apresentado seguiu o tema central da “Decodificação das Cores”.

A principal categoria de visitante, com participação de 48,54%, foi formada por designers, especialmente pelos independentes, mas também por arquitetos ou artistas gráficos. Os traders também se destacaram (29,1% do total de visitação), com destaque para empresas atacadista, varejistas, importadoras e exportadoras, de e-commerce e shopping center.

Olga Valkanova, comerciante da Bulgária, elogiou as devidas proporções da feira, que “não é muito grande, nem muito pequena, o suficiente para dois ou três dias de visita”. Já o comprador tcheco Pavel Vopařil ressaltou a convergência de profissionais e oportunidades. “É um lugar interessante porque todos os fornecedores e designers estão aqui. É uma ótima oportunidade para ver muitos players em um período limitado de tempo, uma variedade de ofertas”, diz.

A edição de 2019 da Furniture China está agendada para os dias 9 e 12 de setembro, na já tradicional sede da feira Shanghai New International Expo Centre (SNIEC), em Xangai.

Ciff Shangai 2018 atraiu 146 mil visitantes ao setor moveleiro da China

Feira chinesa realizada entre os dias 10 e 13 de setembro convergiu um número 37% maior de participantes do que a edição anterior de 2017

Publicado em 27 de setembro de 2018 | 9:35 |Por: Luis Antônio Hangai

A China International Furniture Fair (Ciff Shangai 2018), realizada entre os dias 10 e 13 de setembro em Xangai – epicentro das feiras moveleiras asiáticas – anunciou o número de visitantes da 42ª edição. Cerca de 146 mil profissionais de mais de 200 países e regiões compareceram ao evento B2B, um número 37% superior do que a edição de 2017. Aproximadamente 1,3 mil empresas expositoras se espalharam por uma área de 400 mil m², de olho nos compradores internacionais e comerciantes chineses.

A Ciff Shangai 2018 foi uma realização conjunta da China Foreign Trade Guangzhou Exhibition General Corporation (CFTE) e Red Star Macalline. A coalizão dos dois gigantes do setor moveleiro possibilitou novos patamares de qualidade da feira que, sob o tema “Um exemplo de vida doméstica global”, concedeu aos participantes novos conceitos de vida, trabalho e oportunidades para adquirir informações e fazer negócios.

Semana movimentada no setor moveleiro chinês começou com a Ciff Shangai

A feira chinesa contribuiu para uma mudança de chave interpretativa: do conceito de “Made in China” para “Desenhado e criado na China”, indicando o potencial criativo da movelaria asiática. Conforme a organização do evento, isso ocorreu devido à contribuição de mais de 90 marcas chinesas de alto nível que debutaram na Ciff Shangai 2018. A qualidade e inventividade dos produtos, o cuidado dedicado às apresentações e ao projeto arquitetônico dos estandes, bem como os conteúdos dos eventos organizados, corroboram a tese. Confira abaixo as fotos da Ciff Shangai 2018.

Segmentação e design na Ciff Shangai 2018

Uma tendência global das feiras moveleiras, presente também no Brasil, é a segmentação de conteúdos e produtos. Uma subdivisão funcional e estratégica entre os vários setores representados do evento chinês (Home Furniture, Homedécor e Hometextile, Outdoor & Leisure, Office Show e Furniture Machinery & Raw Materials) facilitou ao visitante a otimização do tempo e a utilização de serviços disponíveis no mercado.

Contudo, o design foi o grande highlight da Ciff Shangai 2018. O 4º EAST Design Show reforçou o espírito do artesanato asiático e apresentou objetos feitos à mão com detalhes projetados para reunir formas e materiais distintos, seguindo a tendência de hibridização e mescla de elementos. O tema desta edição foi “Mais Diferente, Mais Interessante”; que provocou a inovação e a criatividade entre os participantes.

Já o Design Dream Show, evento dedicado às tendências em mobiliário doméstico contemporâneo, criado pela Red Star Macalline e Innovation Design Alliance, apostou numa mistura de instalações que interpretam estilos de vida, mesmo antes de serem mobiliados. Isso levou à criação de salas sobre modos de ser, sonhos e interpretações de espaços privados. A próxima edição da Ciff, na cidade de Guangzhou, está agendada para os dias 18 a 21 e 28 a 31 de março de 2019.

Confira fotos das tendências em móveis da Furniture China 2018

Internacionalização e cores regeram as características do mobiliário e dos ambientes durante a principal feira moveleira asiática

Publicado em 19 de setembro de 2018 | 15:18 |Por: Luis Antônio Hangai

Encerrada na última sexta-feira (14), a principal feira do setor moveleiro chinês agrupou expositores de móveis, design de interiores, matérias-primas e máquinas de todo o mundo, atraindo também visitantes de um amplo espectro internacional. As tendências da Furniture China 2018 em mobiliário perpassaram não apenas a estética do extremo-oriente, mas também as do continente europeu e asiático como um todo.

Neste ano a organização do evento destacou pavilhões nacionais com produtos exclusivos de países como Itália, Bélgica, Coreia do Sul e Turquia, além de promover encontros cosmopolitas como o Summit e fóruns para debater o futuro do móvel no plano econômico, ambiental e artístico.

Abaixo você confere a galeria de fotos com as tendências da Furniture China 2018, na qual destacam-se as cores dos móveis, bem como seus formatos e a composição dos ambientes.

O aspecto que regeu as tendências da Furniture China 2018, contudo, foram as cores. Em compasso com a ação Color of Furniture (Cor do Móvel), já proposta pela organização da feira moveleira asiática em 2017 e que agora se consolida como uma de suas forças motrizes, neste ano o mobiliário apresentado seguiu o tema central da “Decodificação das Cores”.

Furniture China 2018 explora as principais tendências moveleiras mundiais

Com a curadoria de designers da Academia de Artes da China, foram instalados oito showrooms em esquemas cromáticos distintos que abrangeram quatro temas: “Blooming, Growth, Maturity, Regression” (respectivamente florescimento, crescimento, maturidade e regressão).

A intenção com o projeto foi demonstrar as tendências de cores futuras para a indústria chinesa de mobiliário doméstico nos próximos três a cinco anos. Para encorpar a proposta, a organização realizou um fórum para compartilhar conhecimentos e experiências quanto ao tópico e também produziu um relatório que resume a pesquisa e análise sobre as mudanças atuais na cor e estilo de vida no mercado oriental.

A 25ª China International Furniture Expo ou simplesmente Furniture China, irá ocorrer entre os dias 9 e 12 de setembro de 2019, no New International Expo Centre (SNIEC), na cidade de Xangai.

Furniture China 2018 explora as principais tendências moveleiras mundiais

Feira é um das principais do setor moveleiro da China e contará com mais de 3,5 mil expositores de todo o mundo

Publicado em 11 de setembro de 2018 | 15:53 |Por: Luis Antônio Hangai

Nesta terça-feira começa uma das maiores feiras B2B do setor moveleiro chinês, o Furniture China 2018 (China International Furniture Expo), que segue até dia 14 de setembro no New International Expo Centre (SNIEC), na cidade de Xangai. Ao todo 3,5 mil empresas estarão expondo móveis, itens de decoração e novidades em design dentro de um espaço de aproximadamente 350 mil m², contando com 220 marcas de outros países além da potência asiática.

Em sua 24ª edição, a Furniture China 2018 enfatiza a forte presença internacional, o que permite a feira a se consolidar como o principal centro gravitacional da Ásia no que diz respeito ao mercado moveleiro. Marcas de 24 países estarão participando como expositoras. O evento também está trabalhando com pavilhões nacionais com produtos exclusivos da Itália, França, Bélgica, Coreia do Sul, Turquia e Malásia.

Movimentada semana do setor moveleiro da China começou com a Ciff Shangai

Um dos focos da feira do setor moveleiro da China é o mapeamento de tendências em design de móveis. Introduzida primeiramente em 2017, a ação Color of Furniture (Cor do Móvel) é um dos eventos temáticos com o propósito de prospectar novas oportunidades no mercado. Neste ano o tema central é a “Decodificação das Cores”, que se dividirá em uma exposição e um fórum.

A exibição contará com a curadoria de iminentes designers do Institute of China Academy of Art, e tem como objetivo criar uma experiência imersiva para os visitantes por meio da iluminação, dos sons e outros componentes interativos e apontar as tendências em cores para os próximos três a cinco anos. Já o fórum será mercado por apresentações de profissionais renomados que discutirão a respeito das mudanças de cores e de estilos de vida no consumo contemporâneo.

Outro evento em destaque, paralelo ao Furniture China 2018, é o Summit: um encontro entre os principais veículos de comunicação especializados em setor moveleiro de diversos países. Cada publicação irá apresentar o panorama de seus mercados nacionais. A reunião é promovida pela International Alliance of Furnishing Publications (IAFP), e contará com a presença da Revista Móbile como representante do Brasil.

Divulgação Furniture China

Furniture China 2018 será realizado no SNIEC, num espaço de 350 mil m²

Máquinas na Furniture China 2018

Como tradição das feiras de móveis chinesas, o Furniture China 2018 não abrigará apenas móveis e design de interiores, mas também máquinas e tecnologias para produção. Estes equipamentos serão alocados em dois espaços conjugados, o Furniture Manufacturing & Supply China (FMC) e o FMC Premium (FMP).

O FMC deste ano ocupa sete halls e fornece uma gama completa de produtos fabris, incluindo hardware e acessórios para móveis, matérias-primas, tecidos, couro, acabamento de madeira, componentes, estofados, engenharia química, entre outros. Seguindo o tema do ano passado de “Fabricação de Alta Qualidade”, a FMC continua a trazer materiais e técnicas a fim de atender à crescente demanda por modernização e conhecimentos relacionados à Indústria 4.0.

Furniture China é o centro do mercado moveleiro asiático em 2018

Com mais de 200 expositores, a FMC Premium concentra-se em matérias-primas de primeira qualidade, componentes semiacabados, máquinas, equipamentos e outros materiais para móveis, tendo como destaques os materiais ecológicos.

O Furniture China 2018, aproveitando a relevância e o potencial global do setor moveleiro da China, sediará também o World Furniture Forum, no qual funcionários do governo, representantes de entidades do segmento, grandes empresas, especialistas da Ásia, Europa, América do Norte e África serão convidados para palestrar.

O tema do fórum é “Prosperidade e Promoção”. Sob o pano de fundo da nova revolução tecnológica e industrial, o fórum se concentra na experiência, iniciativas, tendências e visões da indústria moveleira em inovação de design, modernização ecológica, cooperação e intercâmbio cultural. O encontro tem como objetivo promover o consenso de desenvolvimento, facilitar a comunicação entre várias regiões do mundo para construir uma comunidade em torno da indústria global de móveis.

Divulgação China International Furniture Expo

Feira do setor moveleiro da China

“Decodificação de Cores”, conceito presente na 24ª China International Furniture Expo

Maison Shangai ocorre na mesma data

Outra feira moveleira que ocorre também em Xangai e no mesmo período que a Furniture China 2018 (de 11 a 14 de setembro) é o Maison Shangai. Trata-se de um evento voltado para estética moderna, estilo de vida e negócios de decoração, sediado no Shanghai World Expo Exhibition & Convention Center (SWEECC). A mostra reúne mais de 600 expositores e 300 designers em um espaço de exposição de 70 mil m².

O Maison Essential (Hall 1 e Hall 2) é o maior componente da exposição e contém sobretudo acessórios para a casa, incluindo tapetes, itens florais, perfumes, artes e artesanato, pintura e escultura, iluminação e têxteis. Já o Maison Blocks (Hall 3) reúne obras de designers contemporâneos. Ali é oferecida aos visitantes a oportunidade de interagir com as últimas obras de grifes e ter uma conversa cara a cara com designers famosos. Outro espaço especial da Maison Shangai é o Design China (Hall 4), que explorará os novos modelos de cooperação para o negócio de móveis.

WMF 2018 reúne expositores de máquinas em paralelo à Ciff Shanghai

Feira moveleira da China se junta à Ciff Shanghai para apresentar tecnologias em equipamentos para a produção do mobiliário

Publicado em 10 de setembro de 2018 | 16:41 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

A Shanghai International Furniture Machinery & Woodworking Machinery Fair (WMF 2018) inaugurou hoje no Hall 7.1 e 8.1 da National Exhibition and Convention Center (NECC), onde é realizada a Ciff Shanghai, apresentando máquinas e equipamentos para a produção de móveis. Além disso, a feira também terá tecnologias para fabricação de móveis sob medida, madeira maciça e painéis de madeira, cobrindo todo o processo de produção de mobiliário.

Para o gerente geral da Adsale Exhibition Services (uma das organizadoras), Parry Chung, “a WMF e a CIFF (Shanghai) atendem à expectativa da indústria para uma integração mais fechada entre produtos de madeira e móveis. As duas feiras trabalham juntas para unir os segmentos da cadeia de fabricação de móveis e criar uma plataforma mais produtiva, profissional e internacional”, disse na inauguração da feira.

Divulgação WMF

Feira moveleira da China WMF 2018

WMF 2018 se junta ao mesmo espaço da Ciff Shanghai para apresentar tecnologias em maquinário

Iniciada hoje (10) e seguindo até dia 13 de setembro, serão mais de 1,3 mil expositores em uma área total de exposição de 400 mil m2. A feira de quatro dias deverá ter mais de 90 mil visitantes de vários países e regiões. Entre os expositores estão Homag, Biesse, Xangai Holztec, SCM Group, China Foma, Dieffenbacher, Siempelkamp, Nanxing Machinery, Bürkle, Leitz, Freud, Leuco, Kanefusa, Sigma Colchão, Tianjin Richpeace, entre outros.

Furniture China inicia amanhã em Xangai

A WMF 2018 destaca uma ampla gama de soluções para indústrias para fabricantes de móveis personalizados, painel de madeira, “fabricação verde” e encontram tecnologias em maquinário, de processamento primário de madeira e de serraria, entre outros.

Eventos paralelos da WMF 2018

Para discutir e compartilhar as últimas novidades do mercado e tendências com os visitantes do setor moveleiro, o comitê organizador, as associações do setor moveleiro chinês e as principais empresas se uniram para organizar uma série de eventos e seminários durante a feira.

Assim, análises das últimas tendências de customização de madeira e móveis estofados, fórum sobre produtos de madeira para uma manufatura verde, fórum sobre tecnologia de serragem e secagem da madeira, novas oportunidades de negócio na indústria de móveis sob medida, entre outros assuntos, foram e são temas de discussão no evento.

Confira mais notícias sobre as feiras moveleiras da China aqui no Portal eMóbile.

Movimentada semana do mercado moveleiro da China começa com a Ciff Shangai

Enfatizando a importância do mobiliário doméstico, feira chinesa pretende apresentar tecnologias, produtos e design global

Publicado em 10 de setembro de 2018 | 11:37 |Por: Luis Antônio Hangai

Xangai, o epicentro do mercado moveleiro da China, começou nesta semana a sediar as principais feiras asiáticas do setor, com previsão de atrair visitantes de todo o mundo. A primeira delas, a 42ª edição da China International Furniture Fair (Ciff), teve início nesta segunda-feira (10) e segue até dia 13. O evento reune mais de 1,2 mil expositores e cobrir uma área superior a 400 mil m² no National Exhibition and Convention Center Hongqiao (NECC).

A feira chinesa é agora conduzida pela Red Star Macalline em conjunto com a China Foreign Trade Guangzhou Exhibition General Corporation. O tema central em 2018 é “Um exemplo de vida doméstica global” e buscará explorar a fundo o futuro do mobiliário interno das casas e sua modernização em função de novos comportamentos e transformações culturais.

Veja mais sobre empresas expositoras e eventos paralelos da Ciff Shangai 2018

De acordo com a assessoria de comunicação da feira, “a Ciff não é apenas uma plataforma de negócios, mas também o lugar onde você pode entender a dinâmica por trás da expansão ininterrupta do mercado moveleiro da China, verificar o enorme potencial e conferir perspectivas de negócios e de cooperação”.

Divulgação Ciff

mercado moveleiro da China

Mapa da Ciff Shangai: espaço pretende atender a diferentes segmentos do mercado moveleiro

A Móbile Lojista é a única editora moveleira da América do Sul B2B convidada para visitar o evento. O tema deste ano é “Vida melhor, trabalho melhor” e remete para um olhar para o futuro, sugerindo uma reflexão sobre como será a vida nos próximos anos e qual o papel do mobiliário para tornar a vida melhor e mais prazerosa.

Feira contempla toda a cadeia do mercado moveleiro da China

Neste ano, a Ciff Shangai conta com diversos setores segmentados que buscam dar conta de toda a cadeira produtiva do setor moveleiro, desde as máquinas do chão de fábrica até o design sofisticado da decoração de interiores, mas sempre com foco no mobiliário doméstico.

A fim de ampliar o consumo da indústria de móveis asiáticos, o evento irá oferecer seções específicas para importação de produtos e mobiliários personalizados de alta qualidade, respectivamente o Imported Furniture, no hall 3, e o High-end Customized Furniture, no hall norte.

Revista Móbile representa o Brasil em encontro de mídias no Furniture China

A organização do evento está enfatizando também a importância do design: o Trendy Furniture, no hall 4, apresenta tendências do estilo neo-chinês e o Quality Furniture, no hall 5, aproveita a posição de liderança de Xangai em design no mercado moveleiro da China para criar a Design Innovation Zone, na qual destaca funções e soluções para diversos estilos de vida.

O Outdoor & Leisure e o Homedecor & Hometextile estão organizados nos halls 1.1 e 2.1 e pretendem atender as necessidades de fornecimento de matérias-primas e produtos de decoração, como tecidos, objetos e demais itens ornamentais. Já o Office Show, no hall 8.2, inclui mobiliário de escritório comercial e para hotéis.

A Ciff Shangai também não deixa de apresentar novidades e tecnologias para as toda a cadeia de fabricação de móveis. O setor com as máquinas para trabalho em madeira, nomeado de Shangai International Furniture Machinery & Woodworking Machinery Fair (WMF), está localizado nos halls 7.1 e 8.1, computando o dobro de área disponível no ano passado. A exposição é resultado da nova parceria entre Ciff e WMF.

A mostra de máquinas e tecnologias para indústrias do setor moveleiro contará com 53 mil m² quadrados e mais de 1,1 mil equipamentos em exposição de grandes empresas alemãs (Homag, Weinig, Siempelkamp e Wenhoener), italianas (Biesse e Scm), além dos mais importantes construtores e operadores chineses (Nanxing, Jinan Restar, Yalian, grupo de Foma, Swpm, Lmt, Ruiwudi, Leke, Huajian, Yuantina, Lianrou, Hengkang, Fuyi e Zinqunli).


eMobile