Focco exibe novidades para o setor moveleiro na Fimma Brasil 2019

No ano que completa 30 anos, empresa apresenta todo o potencial dos softwares de gestão da companhia, desde a fabricação até o varejo

Publicado em 24 de março de 2019 | 20:00 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

A Focco Sistemas de Gestão, especialista no desenvolvimento de softwares de gestão para o setor moveleiro, participará da Fimma Brasil 2019, entre os dias 26 e 29 de março, no Parque de Eventos de Bento Gonçalves (RS). A empresa irá apresentar soluções completas em softwares de gestão para o setor moveleiro, da fabricação de móveis ao varejo.

São destaques da empresa na Fimma Brasil 2019 o sistema de gestão FoccoERP, voltado à indústria, e o FoccoLOJAS, sistema de gestão específico para lojas de móveis planejados. Segundo o diretor comercial e marketing, Robson Rizzotto, a feira é uma excelente oportunidade para ter contato com clientes, parceiros, prospects, ou seja, iniciar novos negócios e, principalmente, fechar negócios.

“A Fimma é o start, a partir dela percorremos um importante ou longo caminho até o fechamento. Resultantes da feira, a Focco tem como expectativa a conquista de, pelo menos, dez bons negócios. Mas, principalmente, esperamos que o evento auxilie no desenvolvimento e promoção do segmento bem como mostre que a economia está em processo de retomada”, avalia ele.

Inmes terá furadeira como novidade na Fimma Brasil 2019

Como novidade em softwares de gestão para o setor moveleiro, a Focco irá divulgar o FoccoERP na Nuvem. Seguindo o movimento de levar os produtos para internet, o FoccoERP conta com um novo menu criado especialmente para web. Além de ser mais organizado e tornar mais fácil a busca dos programas, o menu permite personalizações. Ainda possibilita acesso direto ao FoccoERP por meio do navegador web homologado Chrome.
“O Menu Web facilita muito a experiência do usuário com o FoccoERP”, explica Robson.

FoccoLOJAS com novo Portal do Conhecimento

A FIMMA também será uma grande oportunidade para a Focco divulgar ao mercado moveleiro o Portal do Conhecimento do FoccoLOJAS. Uma plataforma online que tem o objetivo de trazer cursos e formações específicos para o segmento de lojas de móveis planejados.

De acordo com a gestora comercial do FoccoLOJAS, Clarissa Francescatto, o Portal de Conhecimento pretende transformar a realidade do mercado moveleiro, promovendo cursos que criem o aperfeiçoamento continuo de todos os profissionais envolvidos no processo de uma loja de móveis. “Teremos cursos voltados para o montador até o gestor da loja. Serão cursos de negócio, desvinculados à aquisição do nosso software. Queremos educar e levar as melhores práticas a todo mercado moveleiro, criando um método inovador de ensino neste segmento”, explica ela.

Divulgação Focco

Focco Softwares de Gestão para o setor moveleiro

Empresa completa 30 anos em 2019

30 anos com softwares de gestão para o setor moveleiro

A Fimma também será a oportunidade que a Focco irá aproveitar para iniciar sua campanha comemorativa de 30 anos. Durante a feira, a empresa irá lançar um selo comemorativo e um novo posicionamento de mercado: de uma empresa que oferta Sistemas de Gestão para uma empresa que atua com Soluções em Gestão.

“Entendemos que o mercado está cada vez mais dinâmico e exigente. Não cabe mais atuarmos somente como ferramenta especialista, quando o comprometimento que temos com os clientes é o de aumentar a sua performance. Dessa forma, entendemos sermos muito mais efetivos em nossos resultados quando entregamos soluções em gestão baseadas em TI e métodos de trabalho”, explica Robson.

Além da matriz em Caxias do Sul (RS), possui unidades em São Leopoldo (RS), Chapecó (SC), Jaraguá do Sul (SC), Arapongas (PR), São Paulo (SP), e, Fortaleza (CE). Conta com mais de 1,5 mil clientes em todo o país e é premiada como uma das marcas de ERP mais lembradas do setor moveleiro, segundo o Prêmio Top Móbile.

Jowat lança linha Premium de HMPURs na Fimma Brasil 2019

Jowat populariza fantástica tecnologia de colagem a HMPURs Granulados, que anteriormente se encontrava disponível apenas para grandes empresas

Publicado em 24 de março de 2019 | 8:00 |Por: Taisa Mara Heimbecher

A Jowat, fabricante de adesivos em todo o mundo, está completando 100 anos de produtos e serviços voltados ao segmento de madeira e móveis. A empresa está lançando em sua linha Premium de HMPURs (hot melts à base de poliuretano reativo), durante a 14ª edição da Feira Internacional de Máquinas, Matérias-Primas e Acessórios para a Indústria Moveleira (Fimma Brasil), nesta semana em Bento Gonçalves (RS).

A tradição e experiência no desenvolvimento corporativo, permite que a empresa seja representante em tecnologias e inovações em vários mercados e áreas de aplicação. O gerente comercial da Jowat, Rubens Pereira de Castro Junior, afirma estar muito otimista com a Fimma Brasil 2019.

“Não poderíamos esperar uma maneira melhor de começar o ano do que com a Fimma Brasil, no primeiro trimestre. Certamente fecharemos bons negócios, estamos muito otimistas quanto à recuperação econômica do Brasil e faremos nossa parte com muito trabalho, para fazer deste país um lugar ainda melhor para todos”, assinala.

Dia Internacional das Florestas

A Fimma Brasil 2019 aponta os caminhos para o sucesso das empresas e lança tendências para o mercado moveleiro em diferentes áreas especializadas. Assim, é uma combinação ideal para quem tem em sua origem o compromisso com a evolução. “Como sempre, a Fimma Brasil constitui uma grande oportunidade de estar junto dos principais clientes do segmento de madeira e móveis de toda América do Sul. Esperamos comunicar ainda mais as inovadoras tecnologias, desenvolvidas pela Jowat em todo o mundo”, afirma Castro.

Linha Premium da Jowat

A Jowat, fornece uma ampla gama de diferentes adesivos de alto desempenho com propriedades especiais, que fornecem uma solução de processo ideal, até mesmo para os requisitos mais específicos. Na Fimma Brasil 2019 a empresa destaca a linha Premium de Hot Melts à base de Poliuretano Reativo.

Jowat

Linha de adesivos para a indústria moveleira da Jowat

“Estamos avançando na popularização dessa fantástica tecnologia de colagem, que anteriormente se encontrava disponível apenas para grandes empresas devido aos investimentos necessários”. Essa linha vai oferecer a possibilidade de qualquer empresa, de móveis sob medida ou seriados, usar um adesivo que oferece uma qualidade de colagem realmente definitiva, com baixos investimentos ou até mesmo sem nenhum investimento.

Grupo Bigfer destaca novas ferragens na Fimma Brasil 2019

Para empresa, Fimma Brasil 2019 será um sucesso tanto na apresentação de novos produtos como na interação com os clientes

Publicado em 23 de março de 2019 | 18:00 |Por: Larissa Bartoski de Sena

O Grupo Bigfer destaca novas ferragens na Fimma Brasil 2019. A 14ª edição da Feira Internacional de Máquinas, Matérias-Primas e Acessórios para a Indústria Moveleira, que irá acontecer de 26 a 29 de março, em Bento Gonçalves (RS) é muito esperada pela companhia. O grupo acredita que a feira será um sucesso tanto na apresentação de novos produtos, como na interação com os clientes.

“A Fimma Brasil sempre foi uma importante feira para o Rio Grande do Sul, com a visitação de clientes de todo o país. Este ano será ainda mais importante para nós, pois o Grupo Bigfer está completando 30 anos em 2019. Queremos compartilhar nossa alegria com os clientes no evento”, destaca o diretor do Grupo Bigfer, Mauricio Alexandrini.

– Feiras internacionais: tendências em design para 2019

Para Alexandrini, diante o cenário atual político-econômico do Brasil, as expectativas da empresa com a Fimma Brasil é de alavancar novos negócios. “Com a melhora do cenário econômico os clientes tendem a investir mais em acessórios, apresentando novas funcionalidades e design. Além disso, esperamos um crescimento robusto na indústria moveleira no ano de 2019”. 

Considerada pela empresa uma das mais importantes feiras do setor moveleiro, neste ano o Grupo Bigfer destaca novas ferragens na Fimma Brasil 2019. Os lançamentos serão os  novos modelos de sistemas para portas de correr, com opções que se encaixam em todos os projetos e orçamentos. Além disso, a empresa mostrará uma linha completa de sistemas de fixação, que facilitam muito a montagem dos móveis agilizando a produção e melhorando o acabamento.

Outros destaques serão as gavetas metálicas e os sistemas para portas sanfonadas. As gavetas metálicas estão ganhando cada vez mais força no mercado nacional e, pensando nisso, o Grupo Bigfer levará ao público presente todas as possibilidade que a linha possui. As portas sanfonadas contarão com novos modelos com sistemas de amortecimento e também com versões de sistemas e toque sem o uso de puxadores. 

Masutti Copat apresenta propostas de composição de interiores na Fimma Brasil 2019

Empresa apresenta uma novidade que se adapta a todos os ambientes móveis, sejam eles de projetos residenciais ou corporativos

Publicado em 23 de março de 2019 | 16:00 |Por: Taisa Mara Heimbecher

Na Fimma Brasil 2019, que será realizada entre os dias 26 e 29 de março, em Bento Gonçalves (RS), a linha M. Start da Masutti Copat é o destaque da fabricante de aramados na feira. Trata-se de um sistema de estruturas tubulares é capaz de se adaptar a todos os ambientes, sejam eles de projetos residenciais ou corporativos.

O novo produto para o setor moveleiro demonstra a expertise da marca no trabalho com estruturas das mais atuais propostas de composição de interiores, com soluções customizáveis, versáteis e competitivas. “O sistema construtivo é formado por estruturas metálicas robustas com cinco opções de alturas, que podem ser compostas entre si, criando diferentes níveis de montagem”, afirma o gerente da empresa, Rodrigo Copat.

Divulgação Masutti Copat

Masutti Copat

Linha M. Start é o grande lançamento da Masutti Copat na feira

A profundidade de 400 mm da linha M. Start da Masutti Copat é ideal para cozinhas, espaço gourmet, área de jantar, escritórios, banheiros e estante de livros. Já a profundidade para móveis de 550 mm é indicada para dormitórios e ilhas de cozinhas. Se necessário, emendas nas prateleiras acompanham a chapa de conexão para união da madeira.

Linha M. Start da Masutti Copat

Assinada pela designer Juliana Desconsi, a linha M. Start da Masutti Copat segue uma tendência consagrada na arquitetura e decoração atuais: o estilo industrial contemporâneo que valoriza estruturas aparentes e mescla de materiais – resultando em um visual fluido e versátil.

A instalação da linha M. Start da Masutti Copat é simples e intuitiva, com a utilização de parafusos fixados à parede, em furações já pré-definidas. “É muito simples realizar as próprias furações, criar fundos recuados, encaixar nichos e módulos fechados, utilizar as estruturas como divisor de ambientes, etc.’’, afirma Copat.

– Leia mais Masutti Copat dá dicas para valorizar os livros na decoração

As prateleiras podem ainda ser fixadas com fita dupla face, permitindo a aplicação dos mais variados materiais (madeira, vidro, acrílico, metal, etc.), respeitando sempre as espessuras indicadas, assim como a capacidade de carga de cada produto.

A linha M. Start ajuda arquitetos, decoradores e projetistas a ganhar tempo e agilidade no processo criativo, a Masutti Copat disponibiliza os desenhos técnicos, com todos os componentes, para download em formatos para o Promob e SketchUp no site masutticopat.com.br. Segundo o gerente da empresa, dessa forma fica mais prático criar os mais variados layouts, surpreendendo o consumidor final ao utilizar esse lançamento.

Fimma Brasil

Gerente de operações da Masutti Copat, Rodrigo Copat

Expectativa para a Fimma Brasil 2019

A Masutti Copat está com boas expectativas e confiante de bons resultados para a Fimma Brasil 2019. Isso é devido à apresentação de lançamentos, cuidadosamente desenvolvidos, para surpreender a cadeia produtiva os visitantes, desde a indústria até o público especificador, segundo o gerente de operações da Masutti Copat, Rodrigo Copat. “A  Fimma Brasil é uma das mais relevantes feiras mundiais, para a cadeia produtiva de madeira e móveis. Portando, uma boa oportunidade de visibilidade para a marca e ampliação de negócios ”, diz Copat.

Ciff Guangzhou encerrou com cerca de 200 mil visitantes

Plataforma influente para o comércio e lançamento de móveis na Ásia, Ciff Guangzhou exibe novas opções em mobiliário

Publicado em 23 de março de 2019 | 14:00 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

Foi realizado esta semana a primeira feira de móveis na China do ano, a 43ª edição da China International Furniture Fair (Ciff) em Guangzhou. A primeira fase do evento realizado entre 18 e 21 de março, foi dedicada ao mobiliário residencial, mobiliário de lazer, móveis de decoração para o lar, além de produtos têxteis para o lar. A segunda, de 28 a 31 de março, terá móveis de escritório, móveis de hotelaria, acessórios, móveis de metal e mobília para espaços públicos e áreas de recepção, além de materiais e máquinas para a indústria moveleira.

Reinventada, a feira de móveis na China recebeu mais de 4,1 mil expositores reunidos em um espaço de 760 mil m². Com o tema de “Plataforma de primeira escolha para lançamento de novos produtos e comércio”, a feira de móveis na China foi local para o lançamento de inovações de fabricantes de móveis de todo o mundo. A Ciff, ao longo dos anos, registrou mais de 30 mil visitantes estrangeiros em meio ao total de 200 mil visitantes.

Setor moveleiro da China pode servir de inspiração para o Brasil

A edição 2019 da feira de móveis na China se reinventou para responder as necessidades dos expositores e visitantes. Assim, forneceu as melhores soluções organizacionais, hospedou as marcas mais importantes e ofereceu uma experiência de exibição completa. Esse último por conta à organização de inúmeros eventos e seminários, bem como a criação de um ambiente comercial e confortável ambiente.Ciff Guanghzou feira de móveis na China

Eventos na feira de móveis na China

Para oferecer uma prévia das tendências do mundo dos móveis, a edição da Ciff dedicou um amplo espaço a um rico programa de atividades e exposições de design. Sçao elas: Home Furnishing Design Show, Conferência de Interiores e Decorações da China, Festival Global de Estilos de Vida de Jardins e o pavilhão de escritório.

O Design Dream Show apresentou as marcas tradicionais de forma inovadora, com marcas de grife e marcas emergentes da Internet, com foco em bem-estar público, design ecológico e marketing verde, usando a tecnologia para criar espaços domésticos com projeções holográficas.

Confira galeria de imagens da Ciff Guanghzou

Ciff Guanghzou feira de móveis na ChinaCiff Guanghzou feira de móveis na ChinaCiff Guanghzou feira de móveis na ChinaCiff Guanghzou feira de móveis na ChinaCiff Guanghzou feira de móveis na ChinaCiff Guanghzou feira de móveis na ChinaCiff Guanghzou feira de móveis na ChinaCiff Guanghzou feira de móveis na ChinaCiff Guanghzou feira de móveis na ChinaCiff Guanghzou feira de móveis na ChinaCiff Guanghzou feira de móveis na ChinaCiff Guanghzou feira de móveis na China

(com informações de assessoria)

Mudança da data da Movelpar é reflexo da concorrência e dos desafios do mercado

Próxima edição da feira do setor moveleiro de Arapongas (PR) será realizada entre os dias 25 e 28 de janeiro de 2021

Publicado em 22 de março de 2019 | 17:00 |Por: Luis Antônio Hangai

Feira do setor moveleiro tradicionalmente realizada bianualmente em março, a Movelpar foi agora realocada para o começo do ano. Sua próxima edição, a 13ª, será entre os dias 25 e 28 de janeiro de 2021, no Expoara Centro de Eventos, localizado no polo moveleiro de Arapongas (PR). Mais do que uma simples antecipação no calendário, a mudança é reflexo de um novo contexto econômico – mais concorrido, incerto e arriscado para as empresas do setor de móveis.

Movelpar 2019 encerra com negócios e visitação acima da expectativa

A diretora da Móveis Belo e atual presidente do Expoara, Rosana Belo, conta que grande parte das fabricantes de Arapongas e demais empresas que expõem na Movelpar reivindicam nos últimos tempos o adiantamento da feira para o início do ano. A demanda tornou-se evidente após uma enquete ter revelado que cerca de 80% das participantes eram favoráveis à alteração.

Até nós realizarmos a Movelpar em março, quantas mostras itinerantes e regionais já não ocorreram entre janeiro e fevereiro?

“Até nós realizarmos a Movelpar em março, quantas mostras itinerantes e regionais já não ocorreram entre janeiro e fevereiro? A Movelpar estava chegando muito depois destes eventos. Embora março tenha se tornado o mês tradicional, o mercado muda e temos que estar atento a isso. Além disso, com toda nossa situação política, muito mudou. Antes as empresas tinham mais fôlego para aguentar os três primeiros meses, trabalhava-se com outra margem. Agora o volume de venda diminui e as dificuldades aumentaram. Por isso precisamos antecipar os negócios”, afirmou a empresária.

A transposição de março para janeiro da feira do setor moveleiro do norte paranaense, de acordo com Rosana, irá conferir mais velocidade às negociações e evitar o “desperdício” de tempo entre o elevado consumo do final de um ano até o término do primeiro trimestre do próximo.

“A alteração irá antecipar a exposição dos lançamentos da indústria. Uma feira em março vai gerar negócio só em abril, então já perdemos quatro meses no ano. Para alcançarmos uma velocidade na realização de negócios, também temos que antecipar a chegada dos produtos no varejo. As lojas se preparam para o Natal, e depois terá que repor o estoque. Muitas fazem esta reposição na Movelpar, mas elas não aguentam ficar até o final de março segurando a decisão de compra”, diz.

Confira a galeria de fotos da feira do setor moveleiro Movelpar 2019

Os expositores da Movelpar 2019 repercutiram positivamente a alteração. Para o diretor comercial da Poquema, Marco Poliseli, a realização do evento no período que antecede o Carnaval irá facilitar as negociações, uma vez que o feriado costuma frear o consumo de móveis nos pontos de venda.

“Leva-se tempo até fechar o negócio, produzir, entregar para o cliente distribuir. Temos aí um tempo de logística, então quanto antes fizermos isso, mais eficiente seremos e melhor será feita a reposição de produtos. A Poquema deu uma segurada nas vendas em março, resultado da expectativa para feira e do Carnaval. O consumidor no Carnaval, quer passear e se divertir, não comprar. Neste período ele tem outros gastos, como parcelas de material escolar e impostos, o que compromete seu o orçamento”, comenta Poliseli.

Compartilha do mesmo ponto de vista o diretor comercial da Temda Estofados, Marcos Istaki. Para ele, a nova data da feira do setor moveleiro irá acelerar o consumo no começo do ano e também a produção das indústrias fornecedoras. “No início do ano já pegamos o bonde andando, já aquecidos das vendas de fim de ano, aí deslancha. Se é em março, foram-se três meses do ano, restando nove para correr atrás. Pegando no começo de janeiro ficaremos um pouco apertado sim, no que se refere ao desenvolvimento dos produtos, mas pro desenrolar do ano é bem melhor”, opina.

Multifuncionalidade e soluções de design são tendências apresentadas na Movelpar 2019

Feira se encerrou ontem (21) no Expoara com visitação de lojistas de todo o país e de importadores de vários continentes

Publicado em 22 de março de 2019 | 15:00 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

A Movelpar 2019 finalizou ontem sendo considerada o centro de lançamento de tendências para o varejo mobiliário no País neste ano. As novidades que foram conferidas em Arapongas (PR), no Expoara Centro de Eventos, desde segunda-feira (18), passam por soluções de multifuncionalidade, sustentabilidade, otimização de espaços e design inovador para o atendimento das necessidades e desejos do consumidor.

Gabriel Teixeira

Movelpar 2019

Aparador Multifuncional

A Patrimar Móveis, de Arapongas, apostou no aparador que se adapta ao quarto ou à sala, e pode ser usado como mesa de apoio para alimentação, para estudos, ou ainda como penteadeira.

“Este móvel tem o diferencial de ser multifuncional e acompanha a tendência deste ano que são os pés em madeira maciça. Ele é composto por MDF e MDP com puxadores de metal. Na parte interna apresenta separadores organizacionais e tampo móvel com espelho”, detalhou o gerente comercial da Patrimar, Caio Freitas Duarte.

Ainda segundo Duarte, o móvel foi concebido em estilo rústico fosco, harmonizando com a pintura em amarelo brilhoso. “A escolha de casar o rústico com a cor amarela veio da necessidade de dar vida ao produto, para ele não ficar neutro no ambiente”, explicou.

As bicamas também são itens que vieram com bastante força na Movelpar 2019, atendendo as necessidades dos consumidores que precisam ampliar as acomodações em casa. Segundo o gerente de marketing da F.A. Colchões, de Maringá (PR), Márcia Harume Oshiro, o produto Cama Auxiliar é um modelo de bicama inovador.

“A estética também está presente na área de colchões, influenciando muito no revestimento. Trouxemos tecidos variados que se assemelham ao linho e a outros tecidos nobres. Essa tendência funciona, principalmente, em ambientes minimalistas”, explica.

Gabriel Teixeira

Movelpar 2019

Cama auxiliar

Para a cozinha, a novidade da Movelpar 2019 foram armários em tons mais escuros que fogem do branco clássico. De acordo com o gerente de design da Móveis Albatroz, de Arapongas, Danilo Marcos Duran, a tendência – que já estava em alta no norte do país – tem conquistado outras regiões brasileiras. Um exemplo é o produto Linha Sabor, com armários no tom similar ao natural da madeira acompanhados de bancada preta.

Movelpar tem negócios com expectativas superadas

“O uso de pavimentos com cores nas cozinhas é uma forte influência da Europa, em especial Milão. A mistura de tons mais escuros e melancólicos com cores sólidas, como o preto e o cinza, já é uma realidade no Brasil. Nos armários, os tons de madeira pinus são uma boa tática para fugir do branco sem deixar o ambiente carregado”, afirma.

Gabriel Teixeira

Movelpar 2019

Cozinha da Linha sabor

A Colormaq Cozinhas em Aço, de Araçatuba (SP), apresentou na Movelpar 2019 as bancadas inteligentes que possibilitam ao consumidor ter tudo de forma prática. A head de marketing da empresa, Kelly Costa, cita a cozinha Verona como exemplo.

Gabriel Teixeira

Movelpar 2019

Cozinha Verona

“A bancada inteligente é composta por nichos (suportes para utensílios como talheres ou temperos a altura das mãos) que trazem praticidade na hora de cozinhar. Sabemos que o comportamento do consumidor mudou. A tendência agora é a funcionalidade dos produtos, não apenas a beleza”, afirmou.

Para a sala, o diferencial tem sido os móveis rústicos em cores de tons vibrantes para fugir da cor natural da madeira. O estilo retrô também está em alta com mesas, sofás e poltronas com pés em madeira, principalmente nas cores tabaco.

Gabriel Teixeira

Movelpar 2019

Home Ilhéus

A Linea Brasil, de Arapongas, exibiu móveis com detalhes decorativos para ganharem notoriedade. O gerente de marketing Caio Pavanato detalha que o ripado, uma grade feita com madeiras estreitas e de pouca espessura, em forma de ripas, aparece como uma particularidade clássica e sutil, mas que faz diferença no móvel.

Outra novidade da Linea Brasil é o detalhe usinado – processo no qual a madeira recebe entalhes feitos à máquina – que mantém o visual clean, mas inovador nos móveis. “Os exemplos dessa técnica são observados nas linhas de painéis Home Ilhéus e Home Vitória”, citou.

Para os dormitórios, a empresa Santos Andirá de Móveis, de Andirá (PR), tem apostado em inovações nos móveis planejados e de alta decoração. “Temos produzido camas e estantes em um amadeirado mais rústico. Nos guarda-roupas, combinamos a madeira rústica com uma frente em MDF brilhante nos tons de nude para suavizar o ambiente e deixar o quarto mais harmonioso. Esse produto tem funcionado principalmente para quartos infanto-juvenis”, destacou o gerente de marketing, Cristiane Fernandez.

Gabriel Teixeira

Movelpar 2019

Mobiliário para quarto da Santos Andirá

Novos ambientes do Expoara potencializaram novos negócios na Movelpar 2019

Os recentes espaços construídos no centro de eventos também melhoraram o relacionamento entre expositores e visitantes

Publicado em 22 de março de 2019 | 14:30 |Por: Larissa Bartoski de Sena

Os novos ambientes do Expoara potencializaram novos negócios na Movelpar 2019. Segundo a organizadora da feira, as novidades também melhoraram o relacionamento entre expositores e visitantes, criando mais oportunidades para a fomentação de negócios. Os novos espaços foram o auditório Ipê com 140 lugares, Imbuia e Mogno com 80 lugares cada e Araucária com 500 lugares e  acessibilidade por meio de um elevador que atende a toda a área de evento, além de espaços próprios para alimentação e network.

No mezanino, por exemplo, foram construídos auditórios moduláveis, acústicos e climatizados, com estrutura audiovisual completa. No total, são 800 lugares disponíveis, sendo possível aumentar ou diminuir os espaços de acordo com a formatação dos eventos.

– Design, tecnologia e estratégias de mercado movimentam feira moveleira

Vários expositores usaram as salas climatizadas para a realização de convenções de vendas com representantes comerciais. Esse foi o caso da Itatiaia de Ubá (MG), que realizou a convenção da empresa dois dias antes do início dos lançamentos de produtos e fechamentos de negócios na Movelpar 2019 no auditório Araucária, com 500 lugares.

“Realizar este encontro no próprio local da feira possibilita maior integração entre todos os representantes e melhor alinhamento das nossas metas. Trouxemos toda a equipe de vendas para ter noção prévia da grandiosidade da Movelpar e tivemos um ganho muito grande com isso”, comentou o gerente de marketing da Itatiaia, Wellington Bernardes.

Gabriel Teixeira

Novos ambientes do Expoara potencializaram novos negócios na Movelpar 2019

Novos ambientes do Expoara potencializaram novos negócios na Movelpar 2019 como no Pavilhão B

Outro investimento está na reestruturação do pavilhão B, anexo ao Expoara, o espaço, de cinco mil metros quadrados, foi transformado em área de convivência que durante a Movelpar 2019 reuniu opções de gastronomia, rodadas de negócios na Movelpar 2019 e também exposição de protótipos do primeiro Prêmio Movelpar de Design. O representante da Attraktiva Móveis, de Curitiba, Décio Trombini, aprovou o novo espaço. “Achei muito agradável e propício para conversas sobre negócios e também apresenta boas opções de alimentação”, disse.

A presidente do Expoara, Rosana Belo, explicou que os investimentos foram feitos para que o Centro de Eventos esteja preparado para receber todo tipo de eventos, nacionais e internacionais. “Modificamos os espaços do Expoara e climatizamos o pavilhão por completo para que esteja preparado para sediar exposições, congressos, feiras setoriais, eventos governamentais, shows musicais, entre outros” afirmou.

Gabriel Teixeira

Novos ambientes do Expoara potencializaram novos negócios na Movelpar 2019

Presidente do Expoara, Rosana Belo

Para o gestor do Londrina Convention Bureau, Arnaldo Falanca, a entidade focada na captação de eventos para o norte do Paraná, o Expoara se adequou às necessidades do mercado, possuindo um dos melhores custo-benefício dos centros de eventos do país.

“O Expoara foi construído em lugar muito estratégico, já que fica a 40 km do aeroporto de Londrina e a 30 km do aeroporto de Maringá. No seu entorno, conta com uma rede hoteleira de sete mil leitos e espaços gastronômicos fantásticos com mais de 1,5 mil estabelecimentos. Portanto, a grande vantagem do centro de eventos é a logística, estando ainda situado em uma região plana e com rodovias duplicadas” declarou.

(com informações de assessoria)

Movelpar 2019 tem negócios e visitação com expectativas superadas

Feira recebeu lojistas de 26 Estados e Distrito Federal, além de importadores de 20 países – próxima edição, em 2021, será antecipada para o mês de janeiro

Publicado em 22 de março de 2019 | 10:01 |Por: Thiago Rodrigo Pereira da Silva

A Movelpar 2019 – Feira de Móveis do Paraná, que se encerrou nesta quinta-feira (21) no Expoara Centro de Eventos, está sendo considerada uma edição especial para a realização de negócios. Em quatro dias, a feira deve superar as expectativas de venda de R$ 500 milhões, de acordo com projeções dos 120 fabricantes de móveis que exibiram lançamentos e novidades com cerca de 200 marcas focadas no para o varejo de móveis.

A visitação qualificada foi outro ponto alto do evento que recebeu lojistas das grandes redes de varejo do Brasil e de médias e pequenas empresas do setor de 26 Estados e Distrito Federal, ampliando e diversificando as opções de vendas das indústrias expositoras para todo o País. Do mercado externo, a Movelpar recebeu importadores e visitantes de 20 países como Argentina, Austrália, Bolívia, Chile, Colômbia, Emirados Árabes Unidos, Equador, Escócia, Estados Unidos, Guatemala, Guiana, Índia, Libéria, México, Paraguai, Peru, Portugal, Suécia, Trindade e Tobago, e Uruguai.

Além das vendas realizadas pelos expositores, a Movelpar fomentou negócios nas rodadas dos projetos Comprador Nacional e Comprador Internacional. Segundo o Sebrae-PR, a expectativa dos compradores participantes das rodadas nacionais é de que o volume de negócios alcance, aproximadamente, R$ 2,1 milhões.

Leia toda as notícias de cobertura da Feira de Móveis do Paraná

Para o mercado internacional foram realizadas 600 rodadas de negócios com a participação de 60 indústrias brasileiras e 30 importadores das Américas do Norte, Central e do Sul, e do Oriente Médio. A Abimóvel, realizadora do projeto, ainda não divulgou a expectativa de negócios que serão gerados com o mercado externo.

Gabriel Teixeira

Movelpar 2019

Mário Gazin da Gazin Colchões

Participante da Movelpar há várias edições, o diretor presidente da Gazin, Mário Gazin, fundada há 53 anos em Douradina (PR), disse que vendeu na feira um volume de R$ 52 milhões.

“Temos 275 lojas e vamos abrir mais 20 neste ano, estando presente em vários estados do país e exportando para alguns países da América do Sul e Central. Esta edição da Movelpar foi muito boa e trouxe excelentes resultados”, destacou.

Gabriel Teixeira

Wellington Bernardes da Itatiaia

 

O gerente de marketing da Itatiaia, Wellington Bernardes, com indústrias em Minas Gerais e Espírito Santo e 55 anos de fundação, disse que participar da Movelpar é estar em uma feira conceito e ter a oportunidade de apresentar produtos e lançamentos para grande parte dos lojistas do País.

“A feira também se destacou pela vinda dos visitantes internacionais. Nossa equipe de exportação foi demandada o tempo todo e tivemos muitas oportunidades de mostrar, sentir e nos relacionarmos com o mercado comprador”, afirmou.

Gabriel Teixeira

Movelpar 2019

José Lopes Aquino da Colibri

Para o diretor presidente da Colibri, de Arapongas, há 28 aos no mercado, José Lopes Aquino, o destaque ficou para as visitas que ele aponta como de qualidade.

“Foram compradores realmente interessados e potenciais. Tivemos a chance de reaproximarmos de clientes já atendidos e a oportunidade de retomar as vendas para estes mercados. A participação nas rodadas de negócios internacionais também possibilitaram bons momentos para estreitarmos relacionamento e alcançarmos novos espaços comerciais”, sublinhou.

Gabriel Teixeira

Movelpar 2019

Tim Santos da Santos Andirá

Os resultados além das expectativas também foram apontados pelo diretor presidente da Santos Andirá, Tim Santos, empresa de Andirá e com 57 anos de mercado.

“Os visitantes vieram para a Movelpar 2019 com a intenção de comprar e renovar os produtos nos pontos de venda. As nossas metas para o mercado interno foram superadas e para o mercado externo deverão ser atingidas. A feira é estratégica para a formação da opinião do setor sobre a qualificação da indústria e para a realização direta de negócios”, destacou.

A próxima edição da Movelpar, que acontece em 2021, será realizada no mês de janeiro, de 25 a 28. “Alteramos o mês, que tradicionalmente era março, para anteciparmos a exposição dos lançamentos da indústria no início do ano. Desta forma, alcançaremos mais velocidade na realização da feira que já é reconhecida como estratégica e de negócios, antecipando a chegada dos produtos ao varejo”, afirmou Rosana Belo, diretora presidente do Expoara Centro de Eventos, organizador da Movelpar 2019.

Confira a galeria de fotos da feira de móveis Movelpar 2019

Design, tecnologia e estratégias de mercado movimentam a Movelpar 2019

Especialistas no setor moveleiro destacaram suas observações quanto aos produtos apresentados na feira de móveis de Arapongas (PR)

Publicado em 21 de março de 2019 | 14:09 |Por: Luis Antônio Hangai

A 12ª edição da feira de móveis Movelpar chega nesta quinta-feira (21) ao seu último dia apontando não apenas para as tendências do consumo no setor moveleiro, mas também o comportamento das indústrias do polo moveleiro de Arapongas (PR) no que se refere ao design, tecnologias e estratégias de mercado. As mais de 200 marcas de  móveis alocadas no Expoara Centro de Eventos apostaram em lançamentos para 2019 e demonstraram uma renovada preocupação com as recentes demandas e estilos de morar.

Especialistas em design do setor moveleiro entrevistados pelo Portal eMóbile destacaram a funcionalidade dos produtos apresentados na feira de móveis, a incorporação de novas tecnologias e maior atenção à estética do mobiliário como chaves do evento. A curadora geral do Prêmio de Design Movelpar e jornalista especializada em design, Mônica Barbosa, por exemplo, identificou um movimento de “adequação” por parte das fabricantes de móveis.

Lojistas comentam os produtos expostos na Movelpar 2019

“Está bem nítida uma preocupação da indústria da região de Arapongas com a funcionalidade dos produtos, com objetivo de adequá-los às moradias do Brasil, principalmente as que estão cada vez menores, com espaços que exigem a multifuncionalidade. Outra característica é o cuidado com a sustentabilidade. Por último também uma atenção à beleza: um propósito estético que traz mistura de materiais e design de superfície com o objetivo de deixar o produto mais amigável”, comentou a jornalista.

Confira a galeria de fotos da feira de móveis Movelpar 2019

O consultor Nilson Violato observa também um movimento de adaptação da indústria às novas demandas de mercado em termos de mobiliário adaptável, flexível e multipropósito. Ele identifica também na feira de móveis a incorporação de tecnologias digitais, o que vem se tornando cada vez mais comum conforme o preço desses recursos reduzem. Os exemplos são sofás e colchões com entrada USB e dispositivo bluetooth, nanossensores e novas camadas de resina.

“Também ficou claro, por exemplo, que os importadores das rodadas de negócios estão pedindo produtos que possam ser trabalhados no e-commerce. Nisso não se modifica o produto em si, mas o trabalho da embalagem, que se torna um novo serviço a ser agregado. No fundo se trata disso: os negócios no setor moveleiro terão que se reformular para atender novos serviços, e não apenas novos produtos”, complementou Violato.

Ficou claro que os importadores das rodadas de negócios estão pedindo produtos que possam ser trabalhados no e-commerce

O posicionamento estratégico das expositoras no mercado moveleiro também foi destacado por quem atua no setor moveleiro. A empresária Claudia Lens, que liderou o Instituto de Madeira e Mobiliário do Senai-PR, afirma que as grandes indústrias seriadas aparentam estar em uma “zona de conforto”, com receio de arriscar, ao passo que as pequenas movelarias ousaram no mobiliário exposto na Movelpar 2019.

“As pequenas arriscaram mais, no design do produto, no uso da matéria-prima, nas formas, na usinagem, incluindo processos que para as grandes seriadas pode tornar o preço do produto inviável. Quem tá começando agora não tem medo, mas quem está no mercado estabilizado pagando as contas, sente um pouco mais de dificuldade neste aspecto”, opinou.

Violato, por sua vez, concorda que muitas empresas ainda estão “sentadas em cima de seus antigos modelos de negócio”, mas também enxerga que outras estão agregando novos valores ao seu produto final. “Algumas já contam com escritórios de design e inovação, dentro ou fora da fábrica. Entretanto, há empresários que ainda não se mediram por esta métrica. Estes não perceberam como a economia vai funcionar”.


eMobile