Semana D: Clarissa Biolchini explica o design de serviços

A profissional é especialista em Design Estratégico, Branding e Inovação, possui 25 anos de experiência profissional em diversas áreas do design

Publicado em 7 de novembro de 2014 | 16:46 |Por: Júlia Magalhães

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Júlia Magalhães/Revista Móbile

Clarissa Biolchini na Semana D

Após 10 anos de atuação internacional, Clarissa fundou e dirigiu o núcleo de Branding e Estratégia no escritório de Design Indio da Costa AUDT, o mais premiado escritório de design no Brasil

Dando continuidade à programação oficial da Semana D, a palestra Design de Serviços trouxe a designer Clarissa Biolchini para discutir os desafios do design thinking no Brasil. “Eu acho que o design está em seu melhor momento porque o mundo está mudando e precisa de soluções rápidas”, avalia. “Para mim, o design é isso, essa abordagem múltipla. Diversas perspectivas”, complementa Clarissa.

O design pode ser uma inteligente ferramenta para resolver problemas e criar soluções. De acordo com a profissional, a forma linear de pensar já não é tão mais presente. “Hoje temos a visão sistêmica como a mais usual. Essa abordagem criativa é exatamente a forma de pensar do designer”.

Leia mais:
Semana D explora a conexão entre design e indústria
Mostra Idea tem debate sobre vertentes do design
Orquídea Radiante presente em projeto de decoração

Além disso, o design é resumido por Clarissa em três grandes etapas: imersão, ideação e prototipagem. “A grande pergunta que eu tinha era como se faz um protótipo de design de serviço. E é isso que é interessante pensar: em uma solução”, divide com o público. Para ela, no design de serviços, deve-se considerar pessoas, olhar, abordagem criativa, visualização e prototipação.

A profissional ainda chama atenção para o fato de que serviço é tudo: “Desde um site, um aplicativo, uma companhia aérea. Estamos o tempo todo consumindo serviço. O que se guarda dele nao é tangível, é a experiência”.

Por fim, Clarissa esclarece que o design de serviço veio preencher uma lacuna que existia entre o marketing de serviço e o design thinking. “É preciso ouvir muito o seu cliente. É uma cocriação”, ensina.

A programação da Semana D continua até o próximo domingo (9). Abaixo, confira mais fotos da palestra.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile

Acompanhe o emobile nas redes sociais

Linkedin
Facebook