Projeto CR.U.SH quer democratizar o design mobiliário

Para eles, esta democratização consiste em que mais pessoas e empresas tenham acesso aos projetos, possibilitando a construção de comunidades e redes de colaboração

Publicado em 14 de Abril de 2016 | 9:00 |Por: Pedro Luiz de Almeida

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Um dos inegáveis benefícios da era digital é a facilidade de compartilhamento e disseminação de ideias. Partindo deste pressuposto, o designer de produtos Mateus Monteiro Machado, criou o projeto CR.U.SH, cujo objetivo é democratizar o design para o mundo todo, por meio de peças de design criadas com patente aberta (open source), prontas para serem confeccionadas em máquinas Router CNC.

Divulação projeto cr.u.sh

projeto cr.u.sh

CR.U.SH é uma união das siglas: CR: Create (Criar), U: Upgrade (Melhorar) e SH: Share (Compartilhar)

“Eu trabalhava em uma empresa que criava pufes customizados, porém eu tinha várias ideias de produtos que fugiam da proposta da empresa, e estas ideias acabavam ficando engavetadas, então me surgiu o insight de criar um portal e disponibilizar estas ideias para a comunidade”, conta Machado.

Lançada oficialmente no dia 05 de novembro de 2014, em menos de um ano e meio, já foram realizados mais de 7 mil downloads de arquivos disponibilizados na plataforma. “Atualmente temos 22 itens disponíveis gratuitamente em arquivo pdf, escala 1:1, até o final do ano, a meta é lançar mais 12 produtos”, estipula o designer e co-fundador do Projeto CR.U.SH.

Divulgação projeto CR.U.SH

projeto CR.U.SH

O projeto CR.U.SH foi eleito como uma das Startups mais inovadoras do Brasil durante a Campus Party, maior evento de tecnologia do país.

Clientes de várias partes do mundo já baixaram os arquivos digitais, incluindo Rússia, China e Estados Unidos. Recentemente, eles foram aprovados como uma das 100 ideias inovadoras do programa Sinapse da Inovação, de iniciativa do estado de Santa Catarina, que irá disponibilizar recursos para serem investidos no empreendimento.

Mobiliário digital
Os projetos disponíveis no portal, estão em formato pdf, escala 1:1, onde é possível ver os detalhes do móvel. Contudo, para ser fabricado em máquinas como Router CNC e cortadoras a laser é necessário que se tenha a versão vetorizada do arquivo, para que as máquinas façam a leitura.

O formato vetorizado é disponibilizado pelos responsáveis pelo projeto que monetizam por meio de financiamento coletivo, os interessados podem contatar o CR.U.SH nas redes sociais como o Facebook e Instagram, onde também é possível conhecer mais sobre a iniciativa, ou também entrando em contato pelo e-mail: projetocrush@gmail.com.

Confira baixo o vídeo institucional feito pela equipe do projeto, para o lançamento da poltrona Gira Mundo, feita para ser confeccionada em máquinas Router CNC:

Quer saber mais? Curta a página do Portal eMóbile no Facebook e fique por dentro do setor moveleiro.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile