Palestra promovida pela ABD-PR alerta sobre mudanças nos colchões

Durante a palestra, especialista explicou aos designers de interiores as novas normas e mudanças no setor colchoeiro

Publicado em 8 de junho de 2017 | 15:40 |Por: Paulinne Giffhorn

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Associação Brasileira de Designers de Interiores do Paraná (ABD-PR), em parceria com a Stresser Colchões, promoveu uma palestra para alertar as mudanças no setor colchoeiro. Na ocasião, no dia 31 de maio, o engenheiro químico e diretor de normas e certificações da Associação Brasileira da Indústria de Colchões (Abicol), Rogério Soares Coelho, noticiou os presentes sobre as novas normas de qualidade e também novidades em tecnologia e formas de dormir.

Divulgação ABD-PR

Palestra Colchões

Rogério Soares Coelho abordou vários assuntos do setor colchoeiro

A partir de 1º de agosto de 2017, apenas colchões certificados pelo Serviço Nacional da Indústria (Senai) poderão ser comercializados no mercado nacional. Nessa data, entra em vigor a Portaria nº 52 do Inmetro, que estabelece novas normas de qualidade e atestam que o produto está em conformidade com altos padrões de conforto, funcionalidade, segurança e durabilidade.

De acordo com Coelho, que atua no segmento colchoeiro há 23 anos, o consumidor deve verificar se o colchão que está comprando possui o selo de qualidade obrigatório do Inmetro. “Os colchões certificados oferecem toda a tecnologia, segurança, qualidade e credibilidade para proporcionar um bom repouso”, observou, destacando que as noites mal dormidas, em sua maioria, estão associadas ao tipo de colchão.

– Visita guiada à Casa Cor Paraná

“O brasileiro está acostumado a dormir em colchões mais firmes”, colocou, mas a tendência são os colchões que privilegiam mais o conforto e maciez. Fabricados em látex, matérias-primas e fibras naturais, os novos colchões chegam ao mercado para mudar conceitos. “As pessoas querem um produto que harmonize preço, bem-estar e durabilidade”, assinalou, mas têm muita dificuldade durante o processo de escolha. “O ideal é que o colchão seja de extrema qualidade e funcionalidade para atender os requisitos de segurança, desempenho e saúde”, acrescenta.

Divulgação ABD-PR

Palestra Colchões

Participantes do evento na Stresser Colchões

Como fabricante, Coelho garantiu que os colchões produzidos de forma artesanal começam a ganhar o mercado e a preferência dos consumidores. Os materiais e fibras naturais como, por exemplo, de coco, crina de cavalo e lã de ovelha e cashmere, também estão caindo no gosto das pessoas por causa de suas características. São mais resistentes, aerados, frescos e ecologicamente sustentáveis, além disso, possuem propriedades hipoalergênicas.

A designer de interiores Roberta Ribeiro afirmou que o encontro foi muito interessante. “Recebemos um conteúdo de qualidade e uma vasta explicação sobre os diferentes tipos de colchões, fabricação, montagem e composição das várias matérias primas que influenciam o resultado final”. Para ela, workshops assim são fundamentais aos profissionais de interiores. “Com certeza, a partir da agora, terei informações adequadas sobre colchões para passar aos meus clientes. Nós somos muito requisitados neste assunto”, complementa.

(com informações de assessoria)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile

Acompanhe o emobile nas redes sociais

Linkedin
Facebook