iSaloni publica primeiro “manifesto” em 57 anos

Manifesto publicado para a edição da feira iSaloni 2018 reconhece a importância de designers e empresas e apresenta as tendências do setor

Publicado em 8 de fevereiro de 2018 | 16:42 |Por: Luis Antônio Hangai

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Referência mundial em design e produção de móveis, a feira iSaloni 2018 chega à sua 57ª edição com uma novidade na área de comunicação e marketing. O evento publicou nesta quarta-feira (7) seu primeiro “manifesto” desde que começou as atividades em 1961.

Trata-se de um documento breve, em que a organização do Salone del Mobile declara sua profunda relação com Milão – cidade que tradicionalmente abriga o evento –, reconhece o trabalho conjunto de arquitetos, designers e fabricantes de mobiliário doméstico e aponta as próximas tendências do mercado moveleiro global.

Leia mais notícias sobre iSaloni

O prestigiado evento anual soma, em média, 300 mil visitantes durante a semana em que dura, sobretudo empresários, jornalistas, colecionadores, intelectuais, críticos, designers, arquitetos, profissionais criativos e fornecedores. Mais de duas mil empresas expositoras participam do evento, apresentando produtos que vão do mobiliário clássico ao design contemporâneo do século XXI. Cerca de 30% dos expositores são de fora da Itália.

Divulgação iSaloni

Feira iSaloni 2018

Conferência de imprensa para a feira iSaloni 2018 em Milão

O manifesto do iSaloni parte desses avantajados números para apresentar a feira moveleira não apenas como mais uma feira de negócios, mas como um “sistema de conexões, criatividade e inovação”.

“O sucesso do Salone del Mobile é devido inteiramente ao sistema de produção que o sustenta, permitindo exibir produtos e processos inovadores a cada doze meses. A afirmação dos expositores que participam do Salone e, portanto, do próprio Salone, é sobre esta capacidade de inovação contínua. Inovação em termos de linhas, formas, abordagem de mercado, em vendas, em comunicação. (…) Somente com inovação contínua e de alta qualidade o desafio global pode ser superado”, relata o manifesto.

Tendências apontadas pela feira iSaloni 2018

Parte desta inovação está relacionada à qualidade dos produtos. O texto aponta a sustentabilidade como uma das mais fortes tendências de hoje. Não somente aquela sustentabilidade ligada a recursos e matérias-primas, mas sim à fabricação de peças icônicas, duradouras e com o potencial de serem recicladas.

“É o tipo de design que engloba cada vez mais os princípios da economia circular e uma maior consciência ambiental, que considera um objeto bem além de sua função, promovendo e encorajando práticas de compartilhamento e reutilização. A criação de design hoje em dia significa pensar no futuro, na sua sustentabilidade. Não apenas em termos de uso dos materiais, mas também de processos produtivos, mantendo os padrões de qualidade certificados e universalmente reconhecidos em primeiro lugar, mas também pensando em projetos que irão durar por muito tempo”.

Divulgação iSaloni

Feira iSaloni 2018

Exemplos de mobiliário em estilo clássico apresentados no iSaloni 2017

Outros aspectos apresentados pelo manifesto referem-se às possibilidades de networking que o iSaloni proporciona aos seus participantes e, neste sentido, às inovações na área de comunicação com os interlocutores interessados (sendo que o próprio manifesto é uma tentativa neste sentido).

Além disso, o texto aponta Milão como a capital mundial do design de alto padrão, convidando os interessados a conhecerem a cidade, suas atrações turísticas e a toda a cadeia produtiva de mobiliário italiano. A feira iSaloni 2018 será realizada entre os dias 17 e 22 de abril, no Centro de Exposições Rho. O manifesto integral em inglês pode ser lido aqui.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile