Design brasileiro marca presença no Salão do Móvel de Milão

Mostra Be Brasil, que ocorre em evento paralelo ao Salão do Móvel de Milão, apresentará destaques do design nacional contemporâneo

Publicado em 6 de abril de 2018 | 17:44 |Por: Luis Antônio Hangai

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

Entre os dias 17 e 22 de abril ocorre o Salão do Móvel de Milão (iSaloni), reconhecidamente o mais prestigiado evento de design e mobiliário do mundo. Designers brasileiros já garantiram participação como expositores na feira, reunidos na mostra Be Brasil: ao todo 65 profissionais e empresas ocuparão um espaço exclusivo, na Via Maroncelli 14, onde destacarão os diferenciais competitivos do móvel nacional.

A exposição será realizada dentro da Semana de Design de Milão, que integra o rol de eventos paralelos do Salão do Móvel de Milão. Com a organização da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), a mostra brasileira irá apresentar criações no segmento de mobiliário, design de produto, objetos de decoração, iluminação, revestimentos e rochas ornamentais, apontando tendências em criatividade, inovação e sustentabilidade.

Rio+Design comemora dez participações na iSaloni

Segundo o gerente de projetos em design e mobiliário da Apex-Brasil, Emanuel Figueira, a mostra faz parte de uma estratégia de internacionalização do móvel brasileiro e de consolidação de produtos com maior valore agregado e diferenciais competitivos a partir do design, não apenas no aspecto da estética, mas também da funcionalidade e até na redução de custos.

Destaco a heterogeneidade da nossa identidade cultural: o mobiliário brasileiro varia bastante de acordo com a região em que é produzido

“Alguns dos nossos principais diferenciais são a sustentabilidade (a produção nacional é praticamente 100% de madeira reflorestada), a inovação e a capacidade de criar produtos a partir de diversas matérias-primas. Destaco também a heterogeneidade da nossa identidade cultural: o mobiliário brasileiro varia bastante de acordo com a região em que é produzido. Os produtos do setor moveleiro do Rio Grande do Sul contam com forte influência italiana, enquanto que em Santa Catarina predomina o design alemão, por exemplo”, diz Figueira.

 

Divulgação Apex-Brasil

Poltrona LOV, de autoria de Carlos Alcantarino, resgata a popular cadeira de balanço, móvel que habita o imaginário na casa brasileira de antigamente

Design brasileiro no Salão do Móvel de Milão

A Be Brasil terá como um dos enfoques o tema “Mestres Modernos Brasileiros”, que apresentará criações de design de mobiliário desde os anos 1940. Com uma configuração museológica, estarão expostas peças de Jorge Zalszupin, Lina Bo Bardi e Oscar Niemeyer, além de destaques contemporâneos como Gustavo Martini, Gisela Simas e Jader Almeida. Somado a isso haverá a mostra “Sergio Rodrigues e a Itália”.

Além da homenagem aos clássicos, o espaço brasileiro no Salão do Móvel de Milão também apresentará a exposição “Do Contemporâneo ao Hoje”, constituída por várias mostras diferentes. Uma delas é “O Sentar do Brasileiro”, com a curadoria de Ethel Leon. Serão apresentadas as múltiplas maneiras de sentar, ou seja, a relação entre as pessoas e assentos como bancos, cadeiras, sofás e poltronas, bem como a funcionalidade cultural destas peças no que diz respeito ao trabalho, religião, descanso ou celebração. O visitante poderá apreciar obras de artistas como Jader Almeida e Guto Indio da Costa.

iSaloni publica primeiro “manifesto” em 57 anos

Já a mostra “Mesa Brasileira” consistirá na montagem de uma mesa cenográfica apresentando objetos de menor dimensão, com obras de fabricantes como a St. James e do designer Leandro Garcia. Também serão realizas as mostras “Luminárias”, um espaço para fabricantes e designers brasileiros de luminárias, e a “Nossa Casa”, que apresenta uma visão do design brasileiro contemporâneo com ênfase na inovação.

Divulgação iSaloni

Hall de entrada e recepção do último Salão do Móvel de Milão, realizado em abril de 2017

Sobre a Semana de Design de Milão do iSaloni

Cerca de 300 mil visitantes, oriundos de mais de 165 países, estão previstos para a edição de 2018 da Semana de Design de Milão. De acordo com a Apex-Brasil, “a presença brasileira na cidade italiana insere-se na estratégia global de reposicionamento internacional da indústria de mobiliário brasileira, com ênfase nos atributos diferenciadores de competitividade, especialmente aqueles relacionados à sustentabilidade, inovação, origem de matérias primas, talento e criatividade nacionais.”

Para organizar o espaço brasileiro na cidade italiana, a Apex-Brasil conta com a parceria do Sindicato das Indústrias do Mobiliário de Bento Gonçalves (Sindmóveis), da Associação Brasileira da Indústria de Iluminação (Abilux), da Associação Brasileira das Indústrias do Mobiliário (Abimóvel), do Sindicato da Indústria de Vidros e Cristais Planos e Ocos no Estado de São Paulo (Sindividro), da Associação Brasileira da Indústria de Rochas Ornamentais (Abirochas) e da Associação Nacional Fabricantes Cerâmicas Revestimento (Anfacer).


Os comentários estão desativados.

eMobile

Acompanhe o emobile nas redes sociais

Linkedin
Facebook