Closets: foco na personalização

Lojistas que captarem individualidade do cliente podem sair à frente quando o assunto for closets

Publicado em 8 de janeiro de 2016 | 9:00 |Por: Júlia Magalhães

 

Divulgação Casa 10

Closets

No segmento de móveis planejados, os closets receberam tecnologias que facilitaram a interação do usuário com o ambiente

O closet é o objeto de desejo do consumidor, mas é preciso planejá-lo para um bom aproveitamento. O aposento que ajuda a organizar a vida cosmopolita corrida e tornou-se um dos mais cobiçados itens nas casas das famílias brasileiras. No entanto, requer alguns cuidados especiais na décor.

Em primazia, deve refletir a personalidade do morador ao mesmo tempo em que traga uma atmosfera aconchegante e acolhedora, sem deixar de lado, entretanto, a praticidade e funcionalidade. Desta forma, os lojistas devem estar atentos aos detalhes e, partir disto, orientar o consumidor final quanto ao melhor aproveitamento e ambientação do espaço.

Segundo a designer da Evviva Bertolini, Marciele Copat, a demanda por closets cresceu tanto que já há um novo complemento: as bancadas de apoio, similares às das lojas, geralmente com gavetas e vidro para dispor jóias e acessórios. E o coordenador de designer da Moss Para Casa, Alexandre Chiquiloff, acrescenta: “eles se tornam ‘salas de vestir’ de fácil visualização e separação de peças que facilitam a composição dos looks e imprimem a personalidade do consumidor”.

Leia mais:
Rose Quartz e Serenity: Pantone aposta em cores gêmeas para 2016
Irmãos Campana expõem coleção Cangaço na Design Miami
Design Brasileiro contado por meio de luminárias

De acordo com a coordenadora de marketing da Cinex, Vanessa Machado, na Europa e nos Estados Unidos é muito comum as residências já terem estes cômodos integrados às suítes. “A tendência veio sendo incorporada pelos brasileiros.” Entretanto, Vanessa expõe alguns aspectos a serem levados em conta na hora de planejá-lo, como dimensioná-lo de forma que acomode todos os pertences de maneira organizada e de fácil manuseio, conforme as estações do ano.

E ela acrescenta o cuidado com umidade e ventilação como fatores importantes para a conservação dos tecidos. Já os materiais usados na sua fabricação dos móveis do ambienta são dos mais variados tipos. Mas, considera que os mais usados, normalmente, são MDF revestido com lamina natura, melanina ou pintado. “Os mais versáteis são fornecidos com componentes em alumínio e outros acessórios que podem ser facilmente adaptados aos espaços e possibilitam a personalização através de complementos como prateleiras iluminadas, calceiros, sapateiros, gaveteiros e prateleiras de vidro”, considera a coordenadora.

Inspire-se em alguns ambiente abaixo:

Leia matéria completa no ‘Especial Closets e Dormitórios’, publicado na Móbile Decore 108. Também temos disponível um aplicativo para dispositivos móveis da Revista Móbile, disponível para Android e iOS. Assinaturas podem ser solicitadas pelo 0800-9791981.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile