Berneck na Casa Cor Paraná: morar sensorial e voltado ao bem-estar

Participação da Berneck na Casa Cor Paraná 2017 conta com vários dos novos materiais da linha de fabricação

Publicado em 7 de junho de 2017 | 17:30 |Por: Gabriel Belo

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

A presença da Berneck na Casa Cor Paraná 2017 pode ser conferia em seis ambientes da mostra realizada entre 4 de junho e 16 de julho. A participação da fabricante de painéis de MDF, MDP e HDF, além de madeira serrada de Teca e de Pinus, pode ser conferida no Jockey Club do Paraná, em Curitiba.

Um ambiente de conceito rústico sofisticado define o Espaço Zen, projetado pela designer de interiores Katleen Luizaga de Bernert. Materiais naturais são valorizados no projeto, com tramas e cores neutras, sendo um dos highlights a aplicação do padrão madeirado Louro Freijó Grann da Berneck. “É uma opção sustentável e de alta tecnologia”, aponta a designer de interiores, que utilizou também o padrão Nude Vel da Berneck.

Divulgação

Berneck na casa Cor

Cozinha Living Bar conta com ambientes acoplados

Integração de espaços é um conceito atual na arquitetura. Em sua automatizada Cozinha Living Bar, o arquiteto Carlos Navero trabalha o conceito de cozinha integrada à área social. O projeto, de 70 m2, contempla a extensão de um deque externo, que permanecerá como melhoria na construção. O ambiente, que é uma homenagem ao artista Eleuthério Netto, tem a personalidade realçada nas obras de arte da coleção do homenageado e do próprio arquiteto.

Traz também ícones do design, como a luminária de mesa Pipistrello, projeto de 1965 de Gae Aulenti para Martinelli Luce, além de peças da Kartell. Em uma composição em que predomina o preto & branco, destacam-se materiais como mármore, couro e madeira, com a aplicação no revestimento interno das paredes do padrão Compensato Grann da Berneck na Casa Cor com desenho muito natural, sem repetição na chapa.

– Marca apresentou novidades na Fimma Brasil

A designer de interiores Janaina Macedo projetou o Quarto da Bebê Nathália na Casa Cor Paraná 2017. Sua primeira filha, inspiração do projeto, nasceu alguns dias antes do início da mostra. Com inspiração clássica e feminina, o quarto traz móveis estilo Luís XVI e ambientação requintada, valorizada pelas réplicas de Edgar Degas e materiais nobres. Para compor o ambiente, Janaina Macedo selecionou o padrão melamínico BP Calcare Vel da Berneck, aplicado no guarda-roupas.

Divulgação

Berneck na Casa Cor

Brinquedoteca foi projetada em um contêiner

Lúdica e sustentável, a Brinquedoteca e Parquinho Infantil foi projetada em um contêiner pela arquiteta Jaqueline Siebert, integrando áreas externa e interna em cerca de 70 m2. Telhado verde e jardim vertical, tendências em crescente adoção mundial, reforçam a proposta ambientalmente adequada, assim como o uso dos painéis da Berneck, feitos de madeira proveniente de cultivos florestais especialmente para uso industrial.

Entre as propostas, está a valorização da interação com o espaço, realçada pela aplicação do painel BlackDots, lançamento da Berneck na Casa Cor que permite anotações e desenhos em giz. No projeto de mobiliário e interiores, a arquiteta utilizou também os padrões Nude, Calcare, Sky e Azul Vel da Berneck.

“Como os contêineres geralmente são de reuso, a sustentabilidade fica no foco. E recursos como telhado verde e jardim vertical trazem a vegetação para dentro dos espaços ou ocupam locais inusitados”, define Jaqueline Siebert.

Divulgação

Berneck na Casa Cor

Home Theater, por Samara Barbosa

O Home Theater projetado pela arquiteta Samara Barbosa trabalha um conceito contemporâneo. “Trabalho muito a madeira, inclusive no teto, por meio de uma grande placa em todo o ambiente, com iluminação indireta, o que contribui para a acústica, além de peças em couro no mobiliário solto e quartzo rosa na iluminação decorativa”, aponta.

A composição valorizou o tom de whiskey no couro e na madeira em diálogo com a cartela de cinza, com a seleção do padrão Frassino Whiskey, da linha Synchro da Berneck, com naturalidade realçada pela tecnologia de poro sincronizado.

Masculino, sofisticado e cosmopolita, o ambiente Suíte do Rapaz, assinado pelo arquiteto Marcelo Lopes, tem no padrão Nero Rust da Berneck, um elemento-chave. “Concebi um espaço global e atemporal, enfatizando o jogo de texturas e cores, por meio das obras de arte selecionadas, em uma composição que realça o revestimento do edifício histórico em diálogo com os materiais contemporâneos”, revela


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile