Em palestra na Rudegon, Berneck comenta tendências para 2017 e 2018

A supervisora de desenvolvimentos de produtos da Berneck, Andrea Colin Corrêa, convidou os profissionais que estiveram presentes no evento para visitar a fábrica da empresa e auxiliar no processo de definição do catálogo de padrões 2018

Publicado em 18 de julho de 2017 | 15:37 |Por: Pedro Luiz de Almeida

Share on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

O Núcleo Paranaense de Decoração promoveu, nesta terça-feira (18), em Curitiba (PR), uma palestra para os profissionais da arquitetura e decoração. O evento, sediado na revenda de produtos para marcenaria Rudegon, contou com a participação da supervisora de desenvolvimentos de produtos da Berneck, Andrea Colin Corrêa, que apresentou algumas tendências para 2017 e 2018 em decoração e mobiliário.

Divulgação

Berneck

Na palestra, Andrea Corrêa destacou a importância de debater em conjunto as tendências em ambientes e mobiliário

Com o tema “Trends e highlights 2017 em mobiliário e interiores e apostas para 2018”, a profissional da Berneck destacou estilos, padrões e concepções de ambientes que estão em voga, tendo como base o que a empresa observou na visita as feiras europeias deste ano, como a Heimtextil, BAU e IMM.

“Na Heimtextil procuramos entender em outros materiais as cores e texturas que são tendências, ainda mais nos tecidos que estão diretamente ligados com a moda. Percebemos uma onda muito forte de figuras geométricas, rosa, plantas e movimentos urbanos, por meio da impressão digital”, comentou Andrea.

Outro movimento, constatado pela empresa, é a tendência do piso invadindo outros espaços, como as paredes e os móveis, por meios de padrões e revestimentos com estilos mais rústicos, essência do estilo escandinavo. A busca pelo “eu”, observada nas mostras de Milão, indica um momento de ruptura e uma busca contante pelos novos estilos de vida das pessoas. Proposta debatida pela profissional da Berneck.

2018 sob o olhar da Berncek
Com base nas tendências e movimentos observados, Andrea Correa buscou traçar alguns cenários do que deve estar em alta no próximo ano, norteando a maneira de conceber ambientes e peças de mobiliário. No final da palestra, Andrea lançou um convite aos profissionais, para eles visitarem a fábrica da Berneck e, juntos, debaterem os padrões que irão compor o catálogo 2018 da empresa.

Dentre as tendências destacadas estão:

— Morar nômade, pessoas que estão mais interessadas em experiências de vida e veem a casa como uma extensão de sua identidade;
— Microcasas (tiny house), que demandam um novo planejamento de interior, funcionalidade e soluções inteligentes;
— Sustentabilidade, a inserção de plantas dentro de casa, como em hortas e estufas para apartamentos;
— Painéis e padrões de revestimentos na casa substituindo móveis e decoração;
— Móveis híbridos com design agregado, trazendo um conceito de arte aos móveis;
— Hygge, vertente voltada ao aconchego, felicidade e calor humano, trata-se da essência do design escandinavo, sem ter, necessariamente, os padrões desse estilo;
— Móveis com formas minimalistas, mais simples e inovadoras. Como cabides, prateleiras, araras no lugar de grandes guarda-roupas, etc.
— Pequenos móveis, como cristaleiras e penteadeiras, voltando, mas com uma estética mais contemporânea;

30 anos de Rudegon
O Evento também serviu para comemorar os 30 anos da Rudegon, que lançou um completo showroom ambientando os lançamentos em produtos de diversas fabricantes, onde os marceneiros podem levar os clientes para conhecer de perto as tecnologias e soluções na construção do mobiliário. “A Rudegon também está lançando uma pareceria com a Berneck, agora, todos os padrões fabricados pela Berneck teremos disponíveis na loja para os profissionais”, comentou o sócio-proprietário da Rudegon, Rudolf Hamm Filho.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile