24 dicas para decorar lojas e casas

A equipe da High Point Market Authority listou alguns truques e para tornar as lojas de decoração mais atrativas; as dicas funcionam também para arrumar a casa

Publicado em 7 de janeiro de 2016 | 9:43 |Por: Nicholle Murmel

 

12346459_866763503441029_3296837408242473840_n

Passear por mostruários bem montados inspira o arquiteto, designer de interiores ou o consumidor a encontrar formas únicas de incorporar tendências de cor e textura no ambiente da loja ou do lar, criar seu próprio showroom ou projetar um espaço no qual as pessoas vão querer passar tempo e, mais importante, gastar dinheiro. Confira 24 dicas simples para montar um showroom para fechar negócio, ou decorar para impressionar.

1 – Mostre os armários brancos ou pintados

Muitos consumidores buscam incorporar “frescor” à decoração, e armários e balcões em tons de branco, creme ou coloridos são uma boa forma de conseguir esse efeito. Certifique-se de exibir a peça de forma atraente, que permita ao comprador visualizar como ela vai funcionar na casa dele.

p1

2-  Crie camadas

Espelhos colocados sobre lareiras ou outras superfícies criam pontos de luz e reflexo. Além disso, criam camadas interessantes com peças de arte. É muito mais fácil trocar as peças dessa forma sem abrir mais buracos na parede para variar os enfeites.

p2

3 – Acrescente alguns cestos inesperados

É um toque simples de cor e textura.

p3

4 – Conheça a “regra do triângulo”

Trata-se de uma ideia simples, mas com efeito poderoso – as três pontas de um triângulo imaginário servem de moldura para a composição de peças decorativas. Um bom exemplo de onde usar essa técnica é na hora de distribuir objetos em uma estante.

p4

5 – Use as ferramentas de estilo

O designer de interiores ou o vitrinista na loja tem acesso a um arsenal de ferramentas para montar um espaço convidativo:

– Livros dispostos na horizontal e na vertical.

– Vazos e recipientes de vários tamanhos e misturados.

– Conchas espalhadas e dentro de jarros de vidro.

– Molduras texturizadas para fotografias, gravuras e quadros.

Esses elementos podem ser usados todos juntos ou individualmente, sem restrição.

p5

6 – Muitos tons de creme e branco quando o ambiente por predominantemente neutro

7 – Use cortinas para dividir uma área muito ampla em dois ou mais ambientes e inspirer aconchego.

p6

8 – Um pouco de laranja

Laranja é um toque de cor cada vez mais bem recebido na decoração. O jeito é incorporar a cor gradativamente – um toque pequeno, um algo médio e um elemento grande. Assim se consegue equilíbrio entre os ambientes em um mesmo showroom.

9 – Crie uma “janela falsa” com cortinas

Uma estratégia para embelezar showrroms é abusar das cortinas e painéis. A sensação é muito melhor para o cliente do que paredes nuas, e da a impressão imediata de mais janelas no ambiente.

p7

10 – Mais estampa animal

Estampa animal é como jeans – vai bem com tudo. Se nada mais funcionar, adicione pele de vaca ou estampa de zebra. O ambiente fica com uma textura mais interessante.

p8

11 – Viva as cruvas

Na hora de montar arranjos para vasos, que tal as vinhas sinuosas misturadas às flores desidratadas? Fica lindo!

p9

12 – Dê uma busca em gavetas e armários

Pode ser que haja algo bacana por lá e que possa ser exposto com conchas e pedrarias.

p10

13  – Toque de cor fácil e barato

Para uma mudança instantânea, basta manter o cortinado neutro, mas colocar as amarrações coloridas.

p11

14 – Já falamos das conchas?

Basta acrescentar alguns livros para a mesa de centro, cestos e conchas para criar um display instigante e com um toque mais artístico.

p12

15 – Tenha em mente turquesa e azul marinho

Essa combinação é cativante e passa uma impressão de frescor e novidade.

p13

16 – Tinta nos livros

Repare no detalhe próximo ao espelho na imagem abaixo. Os livros foram encapados individualmente com papel turquesa. Não só isso – foram pintados com tinta spray.

p14

17 – Opte pela estampa miúda em vez da cor sólida

Tecidos de estampa pequena em vez da cor blocada tão comum dão um ar mais refinado, de “design” aos revestimentos.

p15

18 – Crie composições do tipo “passo a passo”

Composições de objetos não são muito fáceis, mas uma vez que se compreende a lógica delas, tudo fica mais simples. Se você não sabe bem por onde começar, a imagem abaixo pode dar uma ajuda.

p16

19 – Camufle um chão sem graça com tapetes neutros

E se você tem um piso escuro ou manchado no seu showroom, mas quer exibir um belo tapete branco, colorido ou de padronagem geométrica? Basta colocar um tapete grande, neutro e de fibra natural por baixo Fica bem melhor – e vende bem melhor.

p17

20 – Para vender as cadeiras, use flores

É uma estratégia fácil e cativante que pode levar flores artificiais ou naturais. Algumas plantas sobrevivem bem por até um mês em vasos.

p18

21 – Corrida do ouro

O dourado vem permeando o universo da decoração como tendência já faz dois ou três anos. Finalmente o tom emplacou nas cartelas para ficar, então use em showrooms ou em casa.

p19

22 – A peça de arte é muito grande? Ótimo.

Tamanho não é documento. Com a composição certa, uma peça grande pode funcionar, como mostra a imagem abaixo. Mesmo que quase esbarre no teto.

p20

23 – Repita o toque de cor duas vezes ou mais

Repare na imagem, o toque colorido em azul se repete nos pufes em frente à mesa de centro espelhada, nas almofadas e nos vasos sobre a mesa.

p21

24  – O drama fica por conta das paredes escuras

Paredes escuras parecem ser tendência, mas também podem ser uma alternativa de estilo para showrooms e casas em que falta luz natural. Cores claras ficam apagadas na penumbra, já cores profundas conseguem transformar locais escuros em espaços calorosos e iluminados na medida certa, mesmo sem luz de fora.

p22

(Com informações e imagens do High Point Market)


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

eMobile