O encontro, realizado na semana passada, contou com a participação de políticos e pesquisadores da área.

Terminou no sábado, 19, o Florestal&Biomassa – Encontro Latino-Americano de Base Florestal e Biomassa, em Lages (SC). O evento realizado pelo Sindimadeira de Lages em pareceria com a Associação Rural de Lages, foi promovido e organizado pela Hannover Fairs Sulamérica Ltda, empresa do grupo alemão Deutsche Messe AG.

Na quarta-feira, 17, a abertura contou com a participação do governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo, que assinou durante a solenidade o convênio que repassou R$ 150 mil para custeio de parte das despesas do evento.

Colombo reafirmou a importância do setor de floresta plantada para a economia da região serrana e disse que, apesar do cenário internacional delicado, a indústria tem no mercado interno um grande potencial de negócios. "Queremos ser parceiros do setor florestal e madeireiro. A expectativa é que deste evento saia um instrumento de trabalho que nos ajude a traçar um caminho novo para o setor, que associe indústria e produção. Temos o compromisso de ajudar no desenvolvimento da região", afirmou.

O evento ainda contou com o Congresso Internacional do Pinus, uma visita técnica à Usina de Cogeração da Tractbel, uma dinâmica de colheita na área da empresa Florestal Gateados e, com o Fórum Brasileiro de Biomassa Florestal, que teve seis palestras sobre o tema central do evento.

O encontro foi encerrado com a palestra do senador Luiz Henrique da Silveira que falou sobre o novo Código Florestal, que de acordo com ele é a lei mais importante para o futuro do país. “É preciso buscar equilíbrio entre preservação e produção”, defendeu.

Concurso

Durante o evento ocorreu também o concurso de motosserrista promovido pela marca Stilh, Sindimadeira e a concessionária da marca Tortelli Motores. Os três primeiros lugares ganharam uma motosserra cada.

Seis técnicos presentes da Stilh e da Tortelli avaliaram os cortes de acordo com a rapidez e a precisão. O primeiro lugar ficou com Edson Rodrigues de Andrade da fazenda Espigão Florestal de Lages. "Fui motivado pela premiação, e sempre achei que poderia ganhar, pois faço isso há 13 anos, já tenho certa experiência, torço para que no próximo ano tenha o concurso novamente porque com certeza estarei aqui para defender o título", comemorou o vencedor.